Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

REINO UNIDO PUBLICA DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS DA ÉPOCA COLONIAL

19/04/2012

O Reino Unido começou nesta quarta-feira a publicar milhares de documentos confidenciais do período colonial, nos quais é mencionado o nome do pai do presidente Barack Obama com uma advertência contra os quenianos nos Estados Unidos.

Os documentos abrangem períodos e momentos polêmicos da história britânica, como a insurreição na Malásia e a revolta dos Mau-Mau no Quênia depois da Segunda Guerra Mundial.

O ministério britânico de Relações Exteriores admitiu a existência desses papéis em janeiro de 2011, quando quatro quenianos entraram com um denúncia contra o Reino Unido por torturas sofridas antes da independência do país.

O pai do presidente Obama está na lista de estudantes nos Estados Unidos, elaborada por representantes britânicos, aparecendo com o nome "OBAMA, Barrack H", segundo a imprensa britânica.

Barack Hussein Obama, nascido no Quênia, entrou para a Universidade do Havaí em 1959, casando-se depois com Anne Durham em 1961, antes do nascimento, no mesmo ano, do filho e atual presidente americano.

Numa observação datada de 1959, um diplomata britânico mostra-se preocupado com a atitude dos estudantes quenianos nos Estados Unidos, segundo o Daily Mail.

"Falei sobre o assunto com funcionários do Departamento de Estado. Estão tão apreensivos quanto nós com o que acontece. Esses alunos têm má reputação, podendo cair em mãos erradas, tornando-se antiamericanos e contra os brancos".

Outros informes detalham o confisco, pelos britânicos, de gado pertencente a pessoas suspeitas de ajudar os combatentes Mau-Mau no Quênia. A repressão contra eles causou mais de 10.000 mortos entre 1952 e 1960, antes da independência do país em 1963.

A publicação pelos arquivos nacionais britânicos de 8.800 documentos confidenciais continuará até novembro de 2013.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar