Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONSERVADORES AMERICANOS PROTESTAM CONTRA PERSONAGENS GAYS NOS VIDEOGAMES DA EA

09/04/2012

 
 
Cena de um casal gay em Dragon Age 2: produtora do jogo defendeu a diversidade sexual dos personagens (Foto: Divulgação)

Um dos jogos mais aguardados do ano, Mass Effect 3 chamou atenção por incluir a opção de romances homossexuais ? incluindo cenas de sexo. O RPG Dragon Age dá opção ao jogador de ter relações com personagens de qualquer gênero, também com momentos picantes. Agora, um grupo conservador nos EUA quer barrar essa diversidade sexual nos videogames.

Um grupo anti-gay da Florida fez uma campanha para que as pessoas mandem cartas para a Electronic Arts protestando contra a presença de homossexuais nos jogos. Uma das cartas foi publicada pelo site americano Kotaku e faz referência ao jogo Star Wars: Old Republic.

?Um número avassalador de jogadores de games de Star Wars é composto por crianças que não precisam ser forçadas a fazer parte de uma audiência para conteúdo homossexual. Pedimos que vocês, por favor, respeitem a política de omitir e passar longe desse tipo de representação e de apologia nos seus jogos. Por favor, não incluam conteúdo LGBT nos jogos de Star Wars, que podem impactar tantas crianças?, diz a carta.

O diretor de comunicação da EA, Jeff Brown, criticou a campanha e disse que os jogos possuem classificação indicativa. Segundo ele, não há pressão para inclusão de personagens gays nos jogos. ?Nós, entretanto, nos encontramos com grupos LGBT e patrocinamos forúns da indústria para discutir conteúdo e ameaças a jogadores em fóruns online. Em resumo, nós colocamos opções de relacionamentos entre personagens do mesmo sexo nos nossos jogos e não toleramos discursos de ódio nos nossos fóruns?, disse ao site Gamesindustry.

Ele ainda disse que tudo faz parte de uma premissa de tornar os jogos realistas. Afinal, na vida real, existem diversas orientações sexuais. ?Lamentavelmente, os ingênuos conservadores não se queixam quando as cenas de sexo ou violência são com heterossexuais?, disse em entrevista citada pelo site CromosomaX.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar