Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COMO SERÃO OS NOTEBOOKS COM O WINDOWS 8?

09/04/2012

Notebooks equipados com telas sensíveis ao toque não são novidade, mas a interface ?Metro? do Windows 8 pode desencadear uma nova onda de máquinas equipadas com este recurso. E para tornar mais fácil tocar e deslizar os dedos sobre a tela de Ultrabooks finíssimos, os fabricantes irão abandonar o tradicional formato ?concha? e produzir modelos com designs mais incomuns.

Embora seja possível simplesmente adicionar uma tela sensível ao toque a um notebook sem abandonar o formato tradicional, isto pode trazer alguns problemas, especialmente para os novos portáteis ultrafinos conhecidos como Ultrabooks.

Ao tentar interagir com a fina tela sensível ao toque em uma destas máquinas você pode acabar empurrando-a para trás. E os fabricantes não podem simplesmente tornar a dobradiça mais rígida, já que isso poderia fazer a base do notebook se levantar da mesa quando você empurra a tela. Fora esse probleminha de física, esticar o braço para tocar a tela por um longo período de tempo não é ideal do ponto de vista da usabilidade e ergonomia.

Felizmente, já vimos muitos designs inovadores de notebooks que podem ser adaptados com sucesso ao Windows 8. Estes são alguns exemplos de projetos já existentes que dão um gostinho do que poderemos encontrar nas máquinas feitas sob medida para o novo sistema da Microsoft, que devem começar a chegar às lojas ainda neste ano.

O ?conversível?.

Tablet PCs conversíveis como o Fujitsu Lifebook T580 (na foto abaixo) tem uma tela pode girar em 180 graus e deitar sobre o teclado, transformando-os em um tablet. Tais máquinas surgiram há mais de uma década, mas nunca fizeram muito sucesso fora de nichos como empresas e o mercado educacional, devido ao seu tamanho e custo.

lifebook_conversivel-360px.jpg
Fujitsu Lifebook T580: um Tablet PC conversível

Mas PCs conversíveis com o Windows 8 provavelmente serão não só muito mais finos e leves, como também mais baratos que os modelos anteriores, abandonando tecnologias como drives ópticos e caras telas otimizadas para interação com uma caneta. Ultrabooks finos com telas móveis podem tirar proveito da interface Metro do Windows 8 quando no modo ?tablet?, e na hora do trabalho voltar ao modo ?notebook? com acesso completo ao teclado e trackpad.

O ?dobrável?

O Lenovo IdeaPad Yoga, que conhecemos durante a CES 2012 em janeiro deste ano, apresenta uma outra possível solução. Este Ultrabook tem apenas 1,7 cm de espessura e uma tela que pode se dobrar em 360 graus. Quando colocado sobre a mesa, como uma tenda, o Yoga deixa a tela em um ângulo ideal para visualização e interação. A máquina também pode ser usada em outras posições, como um ?modo tablet? com a tela atrás do teclado.

ideapad_yoga-360px.jpg
Lenovo IdeaPad Yoga: modo "tenda" facilita o uso da tela de toque

Este é um conceito mais novo que os notebooks ?conversíveis?, e ainda teremos de esperar para ver o quão bem ele se sai na prática: o IdeaPad Yoga só deve chegar às lojas, nos EUA, a partir da segunda metade e 2012.

Telas deslizantes

Os notebooks também podem se inspirar nos smartphones, com teclados que deslizam de trás da tela. o Samsung TX100, que foi anunciado durante a CES 2011, é um exemplo. Fino como um MacBook Air, este portátil tem um teclado retrátil como em aparelhos como o Motorola Droid. Na época do anúncio esperava-se que o aparelho chegasse às lojas, inicialmente na Europa, no segundo semestre de 2011, mas isso nunca ocorreu.

samsung_tx100-360px.jpg
Samsung TX100: teclado desliza como em um smartphone

Outro exemplo de um teclado deslizante é o Eee Pad Slider, da ASUS, embora ele seja um tablet Android, e não um notebook. Em nossos testes constatamos que o design é bastante eficaz, um com uma tela inclinada no ângulo certo e resistência suficiente aos toques.

Docking Station

Talvez a opção mais versátil, bem como a mais simples e barata do ponto de vista da engenharia, seja o uso de uma ?docking station?: uma base à qual o tablet é acoplado, se transformando em uma espécie de ?notebook híbrido?.

Tablets Android, como o ASUS Eee Pad Transformer e o Lenovo ThinkPad Tablet, são os pioneiros neste conceito, embora seja possível encontrar tablets Windows com especificações similares às de um notebook que adotaram a mesma idéia.

samsung_series7-360px.jpg
Samsung Series 7: docking station traz portas extras

Um exemplo é o Samsung Series 7 tablet, que tem o mesmo hardware dos notebooks Samsung Series 7, mas em um formato ?tablet? fino e leve. A máquina tem um processador Intel Core i3 ou i5 (dependendo da configuração), disco de estado sólido e 4 GB de RAM. Quando conectado à base o tablet ganha portas extras para conexão a periféricos, e é possível usar um teclado e mouse sem fios para interagir com a máquina. Uma versão baseada no Windows 8 está em desenvolvimento.

Fabricantes de notebooks com o Windows 8 podem seguir este caminho, criando tablets tão poderosos quanto notebooks e oferecendo bases com teclados opcionais. Afinal de contas, a Microsoft quer que o Windows 8 seja um sistema operacional ?onipresente?, que possa ser usado em todos os dispositivos, sejam eles tablets, notebooks, smartphones, desktops...
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar