Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TIM DEFLAGRA ´GUERRA DOS SMARTPHONES´

05/04/2012

Interessada em capitalizar as vendas voltadas para o Dia da Mães - considerado um dos três melhores momentos de comercialização de celulares no Brasil - a TIM decidiu reduzir os preços dos celulares inteligentes em 40%. Medida promete acirrar a disputa entre as teles móveis, uma vez que Oi - retornando ao mundo de aparelhos, Claro e Vivo também devem reavaliar suas estratégias.

De acordo com o comunicado da TIM, divulgado nesta quarta-feira, 04/04, a iniciativa integra a estratégia de "incentivar o acesso à internet pelo celular, popularizando o uso de aparelhos que proporcionam uma experiência mais completa de navegação". A operadora fechou 2011 com 27% de penetração de smartphones e webphones em sua base total de clientes.

Entre os aparelhos que tiveram os preços reduzidos, o destaque é o recém-lançado Nokia Lumia 800, que ? a partir de agora ? custa R$ 1.499 nas lojas da TIM. A redução também é válida para o Nokia 500, que teve redução de 16% em seu preço e custa, agora, R$ 399. O aparelho oferece acesso à internet e redes sociais, além de navegação por GPS gratuita. Outro modelo contemplado com o desconto é o Samsung Galaxy Y ? smartphone Android mais barato do mercado ? que tsai por R$ 399.

Os produtos hi-end ( de maior valor) também estão na estratégia de redução de custos. O smartphone Android Samsung Galaxy S II ? custará R$ 1.649 ? e o Samsung Chat 222 Duos, modelo dual SIM vai sair a R$ 259. O Nokia Asha 201 também sofreu uma redução de cerca de 15% e está disponível nas lojas TIM por R$ 219.

No informe, a TIM observa que, mesmo com o desconto de 40%, manterá a estratégia de vender aparelhos somente desbloqueados e sem contrato de fidelização. Os celulares pós-pagos podem ser financiados em 12 vezes sem juros. Os pré-pagos em três vezes.

A redução de preço dos aparelhos deverá mobilizar o mercado móvel, que vive, nos primeiros meses de 2012, um movimento acima da expectativa. Tanto que, em fevereiro, de acordo com a Anatel, foram feitas 2,4 milhões de novas habilitações, o maior resultado registrado no mês - considerado de baixo movimento, em função das férias e do Carnaval - nos últimos 13 anos.


 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar