Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PESQUISA MOSTRA QUE MAIORIA DOS USUÁRIOS LINUX TAMBÉM ADOTA O WINDOWS

03/04/2012

Um estudo recente de usuários do Ubuntu Linux pinta um retrato detalhado de não apenas quem está realmente usando o sistema de código aberto, mas como e porquê.

Os resultados sugerem que a maioria dos usuários do Ubuntu hoje faz parte de um grupo global e profissional que o têm utilizado de dois a cinco anos para uma mistura de trabalho e lazer. Eles valorizam a natureza de código aberto, segurança, velocidade e experiência do usuário, mas ainda costumam usar o Windows em outros ambientes.

"Muito fácil" ou "Fácil"
Quase 20 mil pessoas responderam a uma pesquisa da Canonical, em inglês, espanhol e português. A maioria tem entre 25 e 35 anos de idade, e quase todos - mais de 96% - do sexo masculino.

"Não podemos extrapolar a partir desses dados, mas certamente uma resposta tão enormemente masculina significa que temos de olhar como nós podemos tornar o produto, a comunidade (e, provavelmente, ambos), mais atraente para ambos os sexos", observou o porta-voz da Canonical Gerry Carr, em um recente post.

A esmagadora maioria - 87% - dos usuários do Ubuntu considerou o processo de instalação do sistema operacional "muito fácil" ou "fácil", e apenas 2,6% julgou "difícil" ou "muito difícil, contrariando outro estereótipo de longa data do Linux.

Quase 77% usa o Windows também, mas apenas 16,7% utiliza o Mac OS X, além de Ubuntu Linux, segundo a pesquisa.

E por que os usuários do Ubuntu escolhem o OS?

Quase 77% cita o fato de que é open source, enquanto cerca de 66% cita "curiosidade / experimentação". Já 57% usa o fato do "livre de vírus", e mais de 50% diz estar "insatisfeito com outro sistema operacional."

Mais de 45% afirma que "minha máquina funciona mais rápido com o Ubuntu", e mais de 75% elogiou a experiência do usuário ou interface.

Em termos de uso, mais de 85% disse que adota o Linux no em seu PC principal, e cerca de 65% em uma mistura de trabalho e lazer.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar