Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GROUPON RESOLVE PROCESSOS COM ACORDO DE US$8,5 MI

03/04/2012

 O Groupon, site de compras coletivas, concordou com um acordo de 8,5 milhões de dólares de litígio nacional, nos Estados Unidos, que alegava que as datas de validade de seus cupons eram ilegais.

O acordo dá fim a 17 processos que haviam sido combinados num tribunal federal em San Diego e que acusava a empresa sediada em Chicago e varejistas que trabalham com ela de violar leis federais e estaduais de proteção ao consumidor.

Notícias do acordo surgiram após o Groupon inesperadamente ter revisado na sexta-feira os resultados de seu quarto trimestre, seu primeiro como uma empresa de capital aberto, e dizer que tinha uma "fraqueza material" em seus controles internos por não ter conseguido separar dinheiro suficiente para a restituição de clientes.

A ação do Groupon fechou em baixa de 3,10 dólares, ou 16,9 por cento, a 15,28 dólares na Nasdaq nesta segunda-feira.

Nos processos, os pleiteantes disseram que o Groupon violou leis que proíbem a venda de cartões de presentes que expiram em menos de cinco anos.

Os pleiteantes disseram que o Groupon "cria efetivamente uma sensação de urgência" entre consumidores para comprar seus vouchers ao oferecer "ofertas diárias" por um período curto de tempo, geralmente 24 horas.

"Os consumidores se sentem, então, pressionados e se apressam para comprar os vale-presentes e involuntariamente se sujeitam às condições onerosas de vendas impostas", incluindo a proibição de restituições em dinheiro e um requerimento de que os vale-presentes sejam usados em apenas uma transação, mostraram os documentos jurídicos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar