Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ASUS ANUNCIA PLACA DE VÍDEO GTX 680 DA EMPRESA

27/03/2012

A ASUS anunciou a sua placa de vídeo baseada no modelo GTX 680 da Nvidia lançado na semana passada. Com base na arquitetura Kepler de 28nm, a placa promete oferecer ótimo desempenho no DirectX 11 e total compatibilidade com a próxima geração de entretenimento para PCs, e levar os gamers e consumidores de multimídias para além do full HD. O preço da ASUS GTX 680 deve ficar em torno de R$ 2.065,00 e a data de início das vendas ainda não foi divulgada.

A GPU de 28nm favorece a redução do consumo de energia, levando a uma TDP de 195W. Com os seus 1536 CUDA cores, a GTX 680 oferece enorme poder de processamento para acelerar o desempenho geral do sistema. A placa de vídeo vem com uma interface de memória de 256-bits e 2GB de memórias GDDR5 com clock de 6008 MHz. E, graças ao Nvidia GPU Boost, a GPU pode alternar entre a frequência padrão de 1006MHz e o modo de aceleração a 1058MHz quando frames por segundo extras forem necessários em jogos mais exigentes. Esse projeto ainda foi aperfeiçoado pela ASUS com a presença do utilitário GPU Tweak, que permite ao usuário poder overclockar a GPU para além das especificações de referência com segurança, e ainda bloquear a placa em modo 2D ou 3D para obter melhores resultados em benchmarks.

A GTX 680 funciona como veículo de lançamento para a nova tecnologia NVIDIA Adaptive Vertical Sync, que estabiliza automaticamente a taxa de frames por segundo nos jogos, por meio do uso inteligente do V-Sync (sincronização vertical). Analisando as taxas de frames, a GTX 680 pode ligar ou desligar o V-Sync automaticamente, garantindo animações mais suaves, sem ?travadinhas?, mesmo em jogos mais pesados, graças à melhor utilização dos recursos da GPU. A tecnologia também liberta os jogadores da necessidade de alterar manualmente o status de ligado e desligado em diferentes jogos.

A GTX 680 também melhora a movimentação de jogos em 3D estereoscópico, com a tecnologia Nvidia 3D Vision, agora compatível com centenas de títulos de PC, muitos deles desenvolvidos desde o início para tirar o máximo do recurso.

 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar