Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PINTEREST É TERRENO FÉRTIL PARA GOLPES DIGITAIS, DIZ SYMANTEC

19/03/2012

O Pinterest bombou com a proposta de ser uma rede social de fotos. Mas cuidado fique atento, onde você clica e com os pins que você marca. A popularidade da rede não cresceu em descompasso com a quantidade de cibercriminosos, e a própria natureza do site o oferece uma boa oportunidade para os golpistas digitais.

A navegação no Pinterest é baseada em um comportamento geral desaprovado por especialistas em segurança - clicar para visualizar cada link. Os usuários ?espetam? as imagens em um quadro de cortiça virtual e os seguidores clicam nas fotos para visualiza-las e também adicioná-las ao seu próprio mural.

Mas e se alguém inserir uma imagem com um link para um script ou site malicioso?

De acordo com a Symantec, um estudo mostra que os os golpes de pesquisas descobriram a maravilha do Pinterest e começaram a se aproveitar dela.

Essas pesquisas maliciosas geralmente exibem uma mensagem dizem algo como ?responda nossa pesquisa em apenas 30 segundos e recebe um vale-presente de 100 dólares?. Se um usuário do Pinterest é pego por essa isca inicial e clicar na imagem, ele será redirecionado a um site e é aí que começa a ?diversão? dos cibercriminosos.

Primeiramente, o scam normalmente pede que o internauta adicione a foto ao seu mural no Pinterest para acessar a pesquisa e ganhar a recompensa. Com isso, o link se propaga na rede, porque os seguidores podem confiar na informação divulgada pela vítima e assim o golpe segue seu ciclo.

O scam vai pedir que o internauta complete a pesquisa, que ele se cadastre em algum site, compartilhe informações pessoais ou alguma outra coisa que os usuários do Pinterest não precisa fazer. A Symantec disse que geralmente esses golpes estão relacionados a redes de compensação por ações (como no caso, responder a uma pesquisa). Cada internauta enganado pode gerar ao em entre 1 e 64 dólares para o golpista.

Esses ataques são novidade no Pinterest porque o próprio Pinterest é uma novidade. Mas esse conceito já é algo comum em redes como Facebook, Twitter, enfim, em toda a internet. 

Bom senso: não clique em um link sem saber para onde ele vai te levar. Claro que isso merece uma atenção especial no Pinterest, já que a navegação na rede social é baseada em cliques.

Mas os internautas devem sempre agir com ceticismo e cuidado nesses casos. O sinal vermelho é quando um link te leva para um site suspeito ou pede que você compartilhe uma imagem para obter mais informações sobre alguma coisa.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar