Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT CRIA ´TRADUTOR 3D´ PARA SIMULAR VOCÊ FALANDO EM OUTRA LÍNGUA

14/03/2012

Programas experimentais que utilizam reconhecimento de voz para realizar traduções em tempo real têm surgido por muito anos, entretanto a Microsoft levou essa ideia para um novo nível durante o TechFest 2012, que aconteceu na semana passada. Assim como outros tradutores, o software desenvolvido pela Microsoft Research permite ao usuário falar em sua língua materna e reproduzir as frases em outro idioma - espanhol, francês, chinês, entre outros. 

O resultado reproduzido no alto-falante, no entanto, não é uma voz robotizada, mas sim uma aproximação do seu tom de voz. Chamado de Monolingual TTS, o sistema já possui 26 idiomas em seu repertório e, além disso, o programa poderá criar uma imagem 3D da sua cabeça mostrando como você seria ao falar a tradução. 

Familiarizar o sistema com a voz demora mais tempo do que em um programa típico de reconhecimento de voz - cerca de uma hora de treinamento no Monoloingual TTS. Se a aplicação puder ser integrada em um smartphone, seria uma mão na roda enorme para os viajantes internacionais. 

A visão da Microsoft no nicho de traduções é muito mais ampla do que aquilo produzido por seus concorrentes. A companhia deseja que os usuários utilizem avatares que não apenas sejam parecidos com a pessoa na vida real mas tenha a sua voz e os movimentos labiais parecidos ao falar - os resultados produzidos parecem impressionantes, apesar de um pouco assustadores

A Google, que possui há muito tempo seu tradutor de texto, também tem investido em traduções de fala. A estratégia da companhia de Mountain View é permitir que o usuário fale em sua língua nativa e que o aparelho reproduza a tradução com uma voz sintética. O interlocutor poderia, então, responder e o dispositivo se encarregaria de traduzir de volta para o usuário.  A empresa já possui um aplicativo com uma função de conversa (chamado também de Translate), porém os resultados ficam muito abaixo do desejável. 
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar