Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

E A ENCICLOPÉDIA BRITANNICA SUCUMBE À INTERNET

14/03/2012

Saiu no Media Decoder nesta noite de terça-feira: após 244 anos, a Enciclopédia Britannica deixará de ser impressa. A editora vai se concentrar apenas na publicação online. Trata-se de um marco, não tenha dúvida.

?É um rito de passagem nesta nova era?, disse o presidente da editora, Jorge Cauz.

Lembro que costumava revirar a Britannica pra fazer minhas pesquisas escolares. Hoje, minhas filhas nem cogitariam abrir aquelas páginas, se os livrões já não tivessem sido doados há tempos.

Jorge Cauz disse que muita gente vai ficar triste com a novidade. Mas não é pra tanto, porque agora a publicação resiste em uma nova ferramenta, que pode ser atualizada constantemente, é multimídia e ? por isso mesmo ? muito mais abrangente. Cauz deixou claro que o anúncio desta terça-feira não tratava do passado, mas do futuro. Pois que o passado, como deve ser, fique para trás. O  negócio é olhar pra frente.

Entrei lá no site da Enciclopédia e quase deu vontade de comprar a última edição, que foi para as ruas em 2010. Mas iria arrumar confusão aqui em casa. Os 32 volumes, quase 60 quilos de muitas letrinhas, não seriam bem recebidos. Além do quê, o pacote custa US$ 1.395. Não tô podendo. Aliás, dessa edição que saiu em 2010, somente oito mil enciclopédias foram vendidas ? e quatro mil estão no encalhe, à espera de nostálgicos colecionadores de relíquias impressas. Alguém aí se candidata?

A propósito: qual foi a última vez que você consultou uma enciclopédia em papel?
 
 
 
Fonte: IDGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar