Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VALE A PENA COMPRAR O NOVO IPAD?

12/03/2012

Quando a Apple revelou o novo iPad na tarde de ontem, 7/3, a empresa fez isso em um mercado em que dezenas de milhões de pessoas já possuem o seu tablet. O iPad 2, lançado no ano passado, foi um avanço notável em relação ao revolucionário iPad original, que chegou em 2010. Para muitos de nós, fez sentido colocar a mão no bolso para comprar o iPad 2. Não tenho certeza se isso também vale para o novo iPad.

O novo iPad, popularmente chamado de iPad 3, parece ter muito em comum com o iPhone 4S: um bom aparelho com melhorias sólidas que você pode pular sem problemas se possui o modelo anterior. Por exemplo, o recurso de assistente pessoal controlado por voz Siri, do iPhone 4S, é legal, mas a maioria de nós pode viver sem ele até o fim do contrato de dois anos com a operadoras ? o mesmo vale para o processador mais rápido e a câmera traseira melhorada. A mesma lógica se aplica ao novo iPad se você tem um iPad 2; a adição de ditado por voz (mas sem o Siri) é interessante, mas não vale gastar de novo se você já comprou o iPad 2 no ano passado.

Com a Tela Retina no novo iPad, o texto certamente ficará mais nítido, como acontecia com o iPhone 4 graças a mesma tecnologia, e os filmes ficarão com um visual ainda melhor, especialmente os títulos em HD (alta definição). Mas se você possui um iPad 2, a diferença provavelmente não consegue justificar gastar 500 dólares (ou 1.600 reais aqui) por um modelo básico ou 830 dólares (2.400 reais aqui) pela versão mais completa.

Isso também pode ser aplicado para as melhorias na câmera traseira e na CPU. Esses tipos de recursos sempre são melhorados; ao menos que você não possa evitar comprar a última versão de todo produto da Apple, faz mais sentido esperar até que apareça uma nova habilidade realmente imperdível ou a soma de mudanças ao longo de dois ou três anos para justificar a compra de um novo iPad.

E então temos o novo suporte para tecnologia 4G LTE para as operadoras norte-americanas Verizon Wireless e AT&T. Ambas anunciam agressivamente seus serviços 4G, mas a verdade é que a tecnologia LTE cobre apenas algumas cidades dos EUA pela AT&T e cerca de duas dúzias pela Verizon ? no Brasil, nem isso acontece. O ponto principal é que a verdadeira disponibilidade de 4G é muito limitada, e as velocidades normalmente não são melhores do que as de 3G. Ou seja, apenas o suporte para 4G não é uma boa razão para comprar um novo iPad. Com o tempo, o 4G vai melhorar e aumentar sua disponibilidade, mas a verdade é que isso ainda vai demorar um ano ou mais para acontecer.

novoipad_apps.jpg

Updates de software e novos apps podem influenciar usuários a comprar novo iPad

O que poderia justificar a compra de um novo iPad se você já possui um iPad 2? Não muita coisa. A Tela Retina certamente é interessante, mas ao menos que você esteja realizando edição de fotos em alta resolução ou criação artísticas ? em que novos apps como iPhoto e Sketchbook tiram vantagem dessa maior resolução ? esse apelo é mais emocional do que prático. O mesmo vale para alguns games de alta resolução que estão chegando ao novo iPad. Apps desse tipo serão mais um impulsionador para comprar um novo iPad do que os softwares nativos, como a nova habilidade de ditado por voz.

O update da Apple TV também anunciado ontem, 7/3, com suporte para streaming de vídeos em 1080p poderia justificar a compra de um novo iPad, uma vez que é altamente improvável que o hardware do iPad 2 seja capaz de suportar streaming em HD.

Se você possui o iPad original, pode ser mais interessante adquirir o novo modelo do tablet. A Apple melhorou significativamente o hardware do iPad desde o lançamento do primeiro modelo de 2010, e várias ferramentas do iOS 5 não rodam no iPad original. Esse buraco só vai crescer mais com o novo iPad. Muitos donos do primeiro iPad notaram uma performance mais lenta do aparelho com o iOS 5, e alguns apps são exclusivos do iPad 2 (e obviamente do novo iPad), como o editor de imagens Photoshop Touch, da Adobe. Se os apps do iPad que você mais usa são Mail, Calendário, Contatos, Lembretes, Música, Notas, iBooks, Vídeo, YouTube, Mapas, Mensagens, leitores de notícias, redes sociais, e Safari, pode ficar com o iPad original por mais um ano, até a chegada do próximo modelo.

Obviamente, se você não possui um tablet, pode comprar o novo iPad. Você vai acabar comprando um tablet em algum momento, de qualquer maneira ? por isso, se você tem dinheiro agora, por que privar a si mesmo por mais tempo do que esses notáveis aparelhos podem fazer?
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar