Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VÍRAL SOBRE CRIMINOSO DE GUERRA GERA POLÊMICA E MUITOS COMPARTILHAMENTOS

12/03/2012

Esta semana o mundo inteiro conheceu Joseph Kony, o número 1 na lista de criminosos de guerra mais procurados do mundo. Milhões de pessoas tiveram o desprazer de conhecer seu rosto e sua história, graças a um documentário desenvolvido pela organização Invisible Children.

O objetivo do vídeo era justamente tirar do anonimato o líder de um grupo rebelde da Uganda, que matou e mutilou famílias, além de sequestrar garotos para transformá-los em guerrilheiros. Desta forma, Kony, que antes era um desconhecido e podia passear livremente por diversos países, se tornaria uma celebridade e poderia ser identificado em qualquer parte do mundo. A organização espera que o vídeo, que até o momento foi visto por mais de 56 milhões de pessoas, ajude as autoridades a prender o criminoso.

No entanto, segundo o blog do Wall Street Journal, apesar do documentário ter sido visto positivamente por muitos, também gerou polêmica sobre o grupo por trás da campanha e os seus reais motivos de divulgação. Com o vídeo, a organização rapidamente se voltou às redes sociais, utilizando suas contas no Twitter e Facebook para encorajar a população mundial a compartilhar o vídeo, fazer doações e ajudar a justiça a prender Kony ainda em 2012.

"No ano passado a organização gastou mais de US$ 8 milhões e apenas 32% foram para serviços diretos, o resto foi para salários, viagens, transportes e produção cinematográfica. Isto está longe de ser o ideal dentro de um assunto que necessita de ação, ajuda e não alarde", disse Grant Oyston, sociólogo e estudante de ciência política da Universidade Acadia na Nova Escócia.

Polêmicas à parte, o vídeo e, consequentemente, a organição arrecadaram números bastante impressionantes durante a semana. Após quatro dias do documentário no ar, a organização ganhou mais de 329 mil seguidores no Twitter e mais de 2 milhões de fãs no Facebook. Ainda na rede social, a Invisilble Children conseguiu mais de 5 mil likes e 5 mil compartilhamentos. No microblog, o nome Kony foi mencionado 712 vezes só na segunda-feira (05/03), sendo que na quinta-feira (08/03) este número subiu para 56.845 menções.

Para quem ainda não teve a oportunidade de ver o documentário, conheça abaixo o maior criminoso de guerra do mundo. 



 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar