Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL PODE TER POLO PARA DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES 3D

23/02/2012 01:00:00

A consolidação de um polo de produção audiovisual 3D no Brasil foi tema de reunião entre o secretário de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Humberto Ribeiro, o presidente da Apex-Brasil, Maurício Borges, e o diretor-geral da Dubai Media City, Mohammed Abdulah, em encontro realizado, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Por parte do Brasil, há interesse em criar um ou mais centros de geração e produção audiovisual e desenvolvimento de conteúdos em 3D para mídias variadas, como TV, cinema, internet e games. Por parte dos Emirados Árabes, que transfeririam know-how, qualificação de recursos humanos e parte do capital, há o interesse de produzir conteúdo sobre o Brasil. Segundo Abdulah, a empresa, que mantém três cidades tecnológicas em Dubai, tem recebido uma demanda crescente por conteúdo sobre o Brasil.

As três media cities atendem mais de 2 mil empresas de todo o mundo. "Uma possibilidade é o pólo brasileiro se transformar num hub do Dubai Media City na América Latina", disse o secretário Humberto Ribeiro. "A experiência de Dubai, que consolidou três parques de produção em cerca de uma década, com empresas de todo o mundo, pode nos ajudar na implantação no Brasil de um pólo produtivo já integrado globalmente", completou.

Para o presidente da Apex, a eventual instalação do centro tecnológico pode permitir o desenvolvimento de tecnologia nacional 3D para transmissão dos jogos da Copa do Mundo de 2014. "Do contrário, as empresas trarão a tecnologia de transmissão e depois dos jogos levarão de volta, a exemplo do que acontece na Fórmula 1", disse Borges.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar