Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

LUCRO DA DELL CAI DEVIDO AO DESAQUECIMENTO NO MERCADO DE PCS

23/02/2012 01:00:00

O quarto trimestre do ano fiscal da Dell foi afetado pela queda de vendas de PCs e por problemas com preço e falta de suprimentos provocados pela enchentes na Tailândia. A informação foi dada pela empresa nesta terça-feira, dia 21, durante a conferência para anúncio dos resultados financeiros. No trimestre que se encerrou em 3 de fevereiro, o total de receitas foi de 16 bilhões de dólares, apenas 2% superior ao mesmo trimestre do ano anterior. Para o ano fiscal completo, a receita de 2012 foi de 62 bilhões de dólares, 1% apenas maior que o ano anterior, com receitas de 62,4 bilhões de dólares

Os principais problemas enfrentados pela fabricante foram custo e disponibilidade de discos rígidos, especialmente para PCs, disse Brian Gladden, CFO da Dell. A falta de discos rígidos de alta capacidade e o aumento de seus preços fez com que a empresa vendesse menos equipamentos de alta performance, que tem mais lucratividade, e concentrasse suas vendas em PCs de baixo custo, com bem menos lucratividade. A  Dell conseguiu os insumos que precisava mas teve de pagar preço bem mais alto por discos de alta capacidade, explicou Gladden, apontando que o impacto foi de 150 milhões de dólares. Segundo Gladden, o impacto deverá continuar nesse novo trimestre e ele já sinalizou uma queda de vendas de 7%, o que assustou os analistas do mercado e impactou as ações de empresas ligadas ao mesmo segmento.

Por conta da combinação de resultados e despesas, o lucro da Dell no trimestre foi 18% menor que o ano anterior, garantindo ganhos por ação de 43 centavos de dólar, contra os 52 centavos esperados pelos analistas. A receita do segmento de consumo pessoal foi de 3,2 bilhões de dólares no trimestre, 2% menor que o ano anterior. O resultado foi afetado pela queda de vendas de PCs no mundo todo. Mesmo assim, a empresa diz que a queda maior de vendas foi nos Estados Unidos, registrando um crescimento de 10% nas vendas combinadas dos outros países.

O caminho da Dell tem sido reduzir sua dependência do segmento de PCs para uso pessoal. A área de produtos de consumo respondeu por 20% da receita da companhia no ultimo trimestre, 21% menos que no ano anterior. A receita ligada à área corporativa equivale a 30% das receitas, mesmo tamanho do ano passado. Pouco mais de 20% da receita da companhia vem da área de serviços e software, um segmento que Michael Dell, CEO da companhia, está apostando em crescer.

No ano fiscal de 2012 a empresa investiu 2,6 bilhões de dólares em aquisições, incluindo a compra das empresas Force 10 Networks (conectividade), Compellent (storage) e SecureWorks (segurança). No proximo dia 27 de fevereiro a Dell fará o lançamento de uma nova linha de servidores corporativos, o PowerEdge 12G que, segundo Michael Dell, deverá turbinar a área corporativa, incorporando parte das tecnologias das empresas compradas pela fabricante.

"Estamos mudando o perfil de vendas para oferecer um data center completo", diz Michael Dell. A empresa está de olho nas oportunidades oferecidas pelo mercado de software para construir infraestrutura de nuvem e virtualização de data centers.
 
 
 
 
Fonte: Idgnow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar