Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NANIUM, FABRICANTE DE SEMICONDUTORES, ANUNCIA INVESTIMENTOS NO BRASIL

26/01/2012 01:00:00

A fabricante portuguesa de semicondutores Nanium anunciou que iniciará suas atividades no Brasil até a primeira semana de fevereiro, com a constituição da Nanium Holding. A sede da empresa ficará em Belo Horizonte e, em um primeiro momento, irá operar apenas na prestação de serviços, como consultoria na área de tecnologia aplicada. Mais tarde, a companhia pretende investir na construção de uma fábrica de semicondutores no país.

O projecto de internacionalização ocorre após a empresa ter aberto, este mês, um escritório de representação em Dresden, na Alemanha. Neste centro europeu do negócio de semicondutores, como o considera fonte da Nanium, será feito o suporte a clientes e o marketing tecnológico.

Até Março, segundo informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), será definida a localização de uma nova fábrica de semicondutores (Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul são os estados com maior probabilidade de serem escolhidos), em parceria com uma empresa brasileira.

A Nanium possui know-how na fase de packaging (ou encapsulamento) dos chamados chips, os cérebros dos equipamentos eletrônicos. Os representantes da Nanium afirmaram que o projeto nasce com ?pé no chão?, mas ponderaram que o objetivo é viabilizar o negócio para produção imediata, fazendo ?um trabalho significativo de substituição de importações? no Brasil.

O secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Nelson Fujimoto considerou o anúncio um gesto inicial importante justamente porque o Brasil hoje é o ?terceiro maior produtor de computadores do mundo?, ?um grande mercado para televisores e telefones?, mas tem uma balança comercial desfavorável na área de eletrônicos porque não tem produção relevante de semicondutores.

?Um dos nossos objetivos com o Plano Brasil Maior é atrair investimentos para suprir deficiências do país em alguns elos da cadeia produtiva. É o caso das tecnologias de informação e comunicação. Daí a importância desse anúncio?, ressaltou Fujimoto.

Até o momento, o único projeto de fábrica de semicondutores no Brasil é uma joint-venture brasileiro-coreana chamada HT Micron, em fase de construção em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Prevista para abrir as portas no final de 2012, a fábrica tem investimentos previstos de US$ 200 milhões.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar