Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ONE LAPTOP PER CHILD MOSTRA PROTÓTIPO DE TABLET

18/01/2012 01:00:00

A organização sem fins lucrativos One Laptop Per Child, dedicada a levar tecnologia a crianças em países em desenvolvimento, mostrou durante a CES 2012 (10 a 13 de Janeiro em Las Vegas, EUA) um protótipo de um tablet com tela de 8 polegadas, desenvolvido em parceria com a fabricante de chips Marvell.

Com o mesmo plástico verde brilhante dos notebooks do projeto OLPC, o tablet XO 3.0 é baseado em um ?System on a Chip? (SoC, ou ?Sistema em um Chip?) ARM Marvell PXA618 de 800 Mhz, e também uma a tecnologia Wi-Fi Marvell Avastar. Sua tela tem resolução de 1024 x 768 pixels e pode ser usada no modo convencional, ou com a tecnologia dual-mode desenvolvida pela Pixel Qi (que permite melhor visibilidade sob a luz do sol). O protótipo roda, como sistema operacional, tanto o Android quanto o Sugar OS, sistema baseado em Linux usado em outros notebooks da família OLPC.

xo-3-360px.jpg
XO 3.0: Várias opções para recarregar a bateria

Mas o mais importante é que o tablet XO 3.0 consome ainda menos energia que os notebooks, o que o torna mais adequado para o uso como uma ferramenta educacional de baixo custo. E para ajudar a mantê-lo baixo há um trio de opções para recarga da bateria: durante o evento CES Unveiled o CTO da OLPC, Edward McNierney, mostrou um carregador a manivela que pode ser usado como alternativa a uma bateria convencional. McNierney disse que girar a manivela por seis minutos produz cerca de dois watts de energia, o que deve ser o suficiente para manter o tablet funcionando por uma hora.

Como alternativa, um painel solar adaptado sobre a traseira pode gerar 4 Watts em uma hora de exposição ao sol, o suficiente para manter o tablet funcionando por duas horas.  A OLPC vem trabalhando em um tablet já há algum tempo (relatos vem surgindo intermitentemente nos últimos um ou dois anos) e uma versão anterior do carregador a manivela, projetado para os notebooks, foi cancelada devido a problemas mecânicos.

Embora alguns relatos tenham indicado um preço de US$ 100 para o tablet OLPC (a mesma meta original dos notebooks, nunca atingida), McNierney se recusou a indicar um valor específico. Assim como os notebooks, o tablet não será fabricado até que um patrocinador para o projeto seja encontrado.

A Marvell e a OLPC também anunciaram a mais recente versão dos notebooks OLPC, chamados XO 1.75, que também são baseados no processador Marvell PXA618 e começarão a ser produzidos em março.

 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar