Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CASO JAVA: JUIZ CONTESTA PROVAS NA DISPUTA ORACLE X GOOGLE

06/01/2012 01:00:00

Oracle e Google prosseguem na disputa sobre a acusação de uso indevido da linguagem de programação Java [adquirida pela Oracle com a compra da Sun Microsystems] no sistema operacional Android, desenvolvido pela gigante de buscas.

O juiz William Alsup decidiu que um e-mail potencialmente prejudicial do engenheiro Tim Lindholm da Google não será levado em consideração no julgamento, de acordo com uma decisão tomada ontem (4/1) na Corte da Califórnia do Norte.

?Fomos convidados por Larry e Sergey a investigar alternativas tecnológicas que existem no Java para utilizar no Android e no Chrome", escreveu Lindholm em um e-mail em agosto de 2010, referindo-se aos cofundadores da Google Larry Page e Sergey Brin. ?Concluímos que precisamos negociar uma licença para Java."

A Google forneceu uma declaração de Lindholm em que ele afirmou que antes de escrever o e-mail, "não tinha realizado revisões de patentes e direitos autorais nem tinha revisado o código-fonte. Além disso, não fez e não tinha formação jurídica necessária para identificar se havia infração no Android ", escreveu Alsup. "Essa declaração não é convincente?, acrescentou o juiz.

A decisão de Alsup pode não ter sido a palavra final do juíz, já que a Google entrou com uma petição em um tribunal de apelação na esperança de manter o e-mail fora do processo. Não está claro quando o assunto será resolvido.

O juiz também negou uma moção do Google que queria fazer com que a Oracle parasse de apresentar testes que supostamente mostram melhor desempenho para o Android usando Java, escreveu.

Segundo o juiz, uma decisão final sobre o caso poderá ser feita em 19 de março ou próximo dessa data.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar