Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT INICIA SERVIÇO DE SUPORTE PAGO NOS EUA

15/12/2011 01:00:00

Discretamente, a Microsoft colocou no ar na semana passada um site de suporte, por enquanto disponível apenas para residentes nos Estados Unidos, onde especialistas podem participar de sessões de uma ou duas horas com o objetivo de proteger computadores de malware, acelerar o desempenho de PCs ou resolver problemas com o Windows ou Office.

O Answer Desk estreou sem qualquer tipo de divulgação. Um dos poucos lugares em que o serviço aparece é na Microsoft Store, onde a companhia vende seus software, o Xbox e o Windows para OEMs de desktops, notebooks, tablets e smartphones.

O nome do serviço é claramente uma referência às 14 lojas Answer Desks da Microsoft, criadas pela empresa após o lançamento das lojas de suporte técnico ?Genius Bar? da rival Apple. As taxas cobradas pelo suporte variam de 49 dólares por uma hora de formação personalizada até 99 dólares por uma ou duas horas de sessões técnicas destinadas à limpeza de malware num PC, ao ?tuning? de um sistema para desempenho máximo ou a respostas para perguntas sobre o Office, conexão à Internet e gestão de arquivos e fotos, entre outras dúvidas.

A primeira consulta ao Answer Desk é gratuita, de acordo com a FAQ do site, mas as sessões adicionais devem ser faturadas por cartão de crédito. Teoricamente, o serviço  funciona no esquema 24 x 7, mas quando tentamos usar o serviço na última segunda-feira (12/12), em horário comercial, o site retornava uma mensagem informando que todos os especialistas de suporte estavam ocupados.

Na maioria dos casos, segundo a Microsoft, os técnicos usarão ferramentas de controle remoto para gerir o PC do usuário, a fim de os encaminhar por meio de instruções ou serviços do sistema.

A entrada da Microsoft no suporte pago concorre com o seu serviço de suporte gratuito, que cobre chamadas sobre atualizações do Windows e de seus aplicativos para uso pessoal e corporativo. Mas há indícios de uma possível consolidação: a opção de suporte on-line no Consumer Security Support Center da Microsoft, direcionado a usuários que suspeitam que os seus PCs estejam infectados, agora redirecciona para o Answer Desk.

A Microsoft recusou-se a responder a perguntas sobre o serviço, incluindo se os atendentes da Answer Desk são empregados da Microsoft ou consultores e técnicos independentes que recebem parte dos valores faturados. A empresa também se recusou explicar como o Answer Desk se qualifica e os motivos que levaram a empresa a não promover o serviço.

?A Microsoft está sempre à procura de maneiras para facilitar o suporte aos clientes e isto é parte desse compromisso?, disse um porta-voz via e-mail. ?Não temos planos adicionais para partilhar neste momento. Fique atento a mais informações?, completa.

 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar