Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MP 540 PODE ACABAR COM ABUSO DE PJS NAS EMPRESAS

06/12/2011 01:00:00

A MP 540 muda a forma como as empresas de tecnologia recolhem o INSS. No modelo atual, as empresas são obrigadas a pagar 20% do valor da folha salarial como contribuição previdenciária. Com a Medida Provisória, o recolhimento passaria a ser de 2,5% em cima do faturamento. A Medida já foi aprovada no Congresso e aguarda somente a sanção da Presidenta Dilma Roussef, devendo vigorar até 2014.

Segundo Antônio Gil, presidente da Associação Brasileiradas Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a  Medida Provisória 540 ?vai desonerar as empresas e acabar com as vantagens do trabalho informal no setor?. Segundo cálculos da entidade, o governo deixará de arrecadar um bilhão de reais ao ano no setor de TI.

O objetivo da Medida é estimular o trabalho formal na área, reduzindo o subterfúgio da contratação por Pessoa Jurídica, os famosos "PJs". Espera-se que seja ampliado o número de profissionais que são regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Na prática, o governo estaria trocando a arrecadação via INSS por um aumento no recolhimento de Imposto de Renda de Pessoa Física.

?Hoje, muitas empresas se valem das vantagens de contratar uma pessoa
jurídica, cujo custo final é menor, para oferecer um produto mais barato
no mercado?, declarou Antônio Gil. Para o empresário, a MP 540 também é vantajosa, uma vez que, com a nova fórmula, o custo antes fixo se torna variável.
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar