Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FBI PRENDE CRACKERS LIGADOS A GRUPO TERRORISTA DA ARÁBIA SAUDITA

29/11/2011 01:00:00

O FBI (Federal Bureau of Investigation) e a polícia das Filipinas prenderam um grupo de quatro supostos crackers (criminoso da Internet)  em Manila  com conexões com um grupo terrorista na Arábia Saudita, afirmou o Grupo de Detenção e Investigação Criminal (CIDG) das Filipinas na semana passada.

Agentes do FBI, que tem investigado ataques a companhias de telecomunicação nos EUA e nas Filipinas desde 1999, descobriram psitas de várias transações bancárias supostamente ligando os criminosos  locais ao grupo na Arábia Saudita, cujas atividades incluem financiar atividades terroristas.

A operação da semana passada aconteceu após uma denúncia da operadora norte-americana AT&T, que sofreu perdas de até 2 milhões de dólares como resultado de um ataque a seu sistema.

A polícia das Filipinas afirmou que Muhammad Zamir, um membro da rede terrorista Jemaah Islamiyah, pagou aos suspeitos para invadirem os sistemas de diferentes empresas de telecomunicação, incluindo a AT&T.  A receita derivada dos ataque foi transferida para a conta dos terroristas, que pagaram aos hackers filipinos comissões por meio de bancos locais, afirmou a CIDG.

O Jemaah Islamiyah é um grupo militante islâmico que tem atuado no Sudeste da Ásia e teria ligações com ataques terroristas na região, incluindo um bombardeio a Bali em 2002.

A AT&T afirmou na semana passada que houve uma tentativa de obter informações de diversas contas de seus clientes, mas disse não acreditar que os crackers tenham conseguido acesso as contas online dos usuários.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar