Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

OI MUDA ESTRATÉGIA E PASSA A TER PLANOS COM MULTA

28/11/2011 01:00:00

A Oi foi a primeira operadora a comercializar celulares desbloqueados, prontificando-se, inclusive, a liberar aqueles aparelhos que continuassem vinculados a concorrentes. Orgulhava-se por oferecer planos de voz sem fidelização e sua campanha de marketing ? ?Quem ama, bloqueia? ? obteve grande repercussão por ironizar as rivais que prendiam seus descontentes clientes.

Em 2009, quando o bloqueio de celular já era proibido por lei, lançou nova propaganda, na qual destacava sua escolha por não cobrar multas de usuários, que, por algum motivo, resolvessem abandoná-la.


No entanto, a tática não vinha mais surtindo o efeito desejado e, por isso, a empresa resolver alterá-la. Para as festas de fim de ano, já começou a vender um plano, o Oi à vontade, que em troca de desconto, exige fidelização de doze meses. Como é de praxe, caso o usuário queira cancelá-lo ou trocá-lo por um barato, terá de pagar multa proporcional, que pode chegar a 358 reais.

O Oi 60, por exemplo, que dá direito a ligações ilimitadas para celulares e fixos de sua rede, sai por 35 reais, com abatimento. Se o usuário contratar o mesmo plano, mas sem contrato de vinculação, ele passa a 62 reais, quase o dobro. O mesmo ocorre com o pacote de dados: o preço cheio é de 19,90 reais, mas, se o usuário optar pela fidelização, o valor baixa para 5 reais.

Para 2012, a companhia pretende, também, comercializar celulares com abatimento. Em entrevista ao Valor Econômico, Maxim Medvedovsky, diretor para o segmento de varejo, atribuiu a mudança de posição à mudança do mercado. ?Quando a Oi saiu do subsídio e da venda de aparelhos, não se vislumbrava o advento dos smartphones. Agora, a coisa mudou de figura?, afirmou. ?Há um aumento na demanda por serviços de dados?.

Se a Oi, de fato, começar a vender dispositivos com subsídio, a TIM se tornará a única operadora a não adotar tal estratégia. A empresa italiana diz só conceder descontos sobre o plano ? o que tem dado resultado - mas, à medida que as concorrentes começam a igualá-la nas cotações cobradas, terá duas opções: reduzir ainda mais os preços ou, tal qual seus concorrentes, sucumbir ao crescente interesse por smartphones, e passar a vendê-los por valores abaixo do mercado.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar