Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PEQUENAS E MÉDIAS DEMORAM A ACEITAR A CONSUMERIZAÇÃO

28/11/2011 01:00:00

Funcionários de um quarto das pequenas e médias empresas (PMEs) já estão usando smartphones e tablets pessoais para o executar tarefas corporativas, mas mais de dois terços dessas empresas não têm controles para gerenciar esses dispositivos, e 45% dos gerentes de TI não têm conhecimento de todos os dispositivos utilizados.

Essas são algumas conclusões de um estudo global realizado pela Citrix em conjunto com as companhias de pesquisa YouGov e Research Now. Enquanto as empresas que adotam práticas de trabalho flexíveis estão vendo os ganhos de produtividade de até 36%, outras estão presas nas implicações de segurança.

"A natureza do trabalho continua a mudar", afirma Brett Caine, vice-presidente sênior e gerente-geral da Citrix. "Os funcionários estão usando dispositivos domésticos no local de trabalho, tanto para negócios como para uso pessoal.

As organizações precisam responder a essa tendência por meio do desenvolvimento de políticas que lidem com novos estilos de trabalho móvel que podem impulsionar a produtividade de forma flexível e ao mesmo tempo segura?, completa.

A pesquisa ouviu mais de 1,1 mil executivos e gerentes de TI na Austrália, França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos entre maio e agosto de 2011. Dos entrevistados, 35% disseram que estão sob pressão para adotar práticas da força de trabalho flexível, incluindo a escolha dos dispositivos usados nos locais de trabalho.

No Reino Unido, por exemplo, 45% das empresas disseram permitir que os funcionários usem seus próprios dispositivos para fins comerciais, movimento que resultou em melhoria de produtividade em mais de 10%. No entanto, 57% não têm políticas, procedimentos ou sistemas de TI no local para gerenciar o uso de dispositivos pessoais nos negócios. Além disso, apenas a metade está ciente de todos os dispositivos que seus funcionários usam para fins comerciais.

"Suporte, monitoramento e gerenciamento de funcionários remotos e móveis é agora requisito para a TI garantir negócios altamente produtivos e eficazes", aponta Elizabeth Cholawsky, vice-presidente e gerente-geral de TI da Citrix.

A consumerização de TI foi identificada por analistas como tendência-chave para os próximos anos, mas muitos gerentes de TI sentem que não têm ferramentas necessárias para gerir adequadamente os dispositivos pessoais.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar