Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EMPRESAS DE PORNOGRAFIA PROCESSAM RESPONSÁVEIS PELA CRIAÇÃO DE DOMÍNIOS .XXX

23/11/2011 01:00:00

Duas empresas responsáveis por alguns dos maiores sites de pornografia da internet estão processando o orgão regulador ICANN e o ICM Registry devido à criação dos sites .xxx, exclusivos para conteúdo adulto, segundo a BBC.

A Manwin Licensing e a Digital Playground, principais produtoras de filmes pornográficos dos Estados Unidos, afirmam que a criação do domínio .xxx foi um abuso feito pelos órgãos.

Eles dizem que o custo para o registro de um site para conteúdo pornográfico é de US$ 60 - dez vezes mais do que para sites comuns. "Isso mostra um monopólio na internet", afirmam as empresas em um comunicado divulgado para a imprensa.

Os responsáveis pelos sites afirmam ainda que os órgãos não fizeram um estudo para apoiar a criação dos domínios e que o ICM falsificou comentários positivos para justificar os endereços .xxx. Além disso, os órgãos venderam domínios para "pessoas e entidades que são conhecidas por especular com endereços de internet".

A ICM nega as acusações. "As reclamações são sem fundamento e serão defendidas com vigor", disse o presidente do órgão, Stuart Lawley.

Os domínios .xxx começaram a entrar no ar este ano. Diversas empresas e instituições compraram domínios com seus nomes para evitar que suas marcas sejam associadas à pornografia. Alguns países, como a Índia, decidiram banir os domínios antes mesmo deles entrarem no ar.

 
 
 
Fonte: Olhar digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar