Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

APPLE DEVE SE TORNAR MAIOR FABRICANTE DE PCS DO MUNDO QUANDO LANÇAR O IPAD3

22/11/2011 01:00:00

A Apple se tornará a maior fabricante de computadores do mundo, superando a HP até o final do ano que vem. É isso que afirma a consultoria Canalys, que acredita que o iPad 3 (ainda não anunciado oficialmente, mas previsto para o primeiro trimestre de 2012) deve ser a chave para a empresa alcançar o topo do mercado de computadores no mundo.

?A Apple viu sua participação no mercado de PCs subir de 9% para 15% em apenas quatro trimestres?, afirma o analista da Canalys, Tim Couling. ?A HP e a Apple lutarão pelo primeiro lugar no Q4, mas ela terá de esperar pelo lançamento do iPad 3 antes de ultrapassar a rival.?

Há algumas semanas a Canalys liberou seus números para o mercado global de computadores no terceiro trimestre de 2011, que colocaram a Apple em segundo lugar, com uma participação de 15% no mercado, logo atrás da HP e seus 16%. A Canalys atribui em grande parte o crescimento do mercado mundial ao iPad e estima que as vendas de computadores alcançarão 415 milhões de unidades em 2011, um aumento de 15% em relação ao ano anterior.

ipad2facetime01300.jpg

iPad: o motor para Apple liderar o mercado de computadores

Os rivais da Apple no mercado de tablets estão ?lutando para competir de forma lucrativa com a Apple?, afirmou a consultoria. A chegada do sistema Android 4.0 pode nivelar de alguma forma o mercado.

No entanto, os concorrentes da Apple em outros mercados não devem se animar. Os novos Ultrabooks, tidos por muitas pessoas como rivais para o MacBook Air, da Apple, não ganharão força no mercado a não ser que baixe seus preços, afirma a Canalys.

?Para os Ultrabooks se tornarem populares, os preços precisam cair consideravelmente?, afirmou o analista de pesquisas da Canalys, Michael Kauh.

?Os modelos mais baratos custam em torno de 800 dólares, uma barreira real para a massa de consumidores. À medida que mais fabricantes adotem o Ultrabook, os custos dos componentes devem cair e os preços para o grande mercado devem ser alcançados.?

No entanto, os efeitos das recentes enchentes na Tailândia podem acabar nos bolsos dos fabricantes de Ultrabooks, afirma a Canalys. As inundações causaram uma séria interrupção na produção de discos rígidos, o que poderia significar que a fabricação de SSDs aumente e seus preços caiam.

Mas, por enquanto, as vendas de notebooks parecem ?saudáveis? e devem alcançar 211 milhões de unidades neste ano, 10% a mais do que em 2010, de acordo com a Canalys.
 
 
 
 
Fonte: IDGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar