Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESCOLAS REGISTRAM SITES .XXX PARA SE PROTEGER DE PORNOGRAFIA

16/11/2011 01:00:00

A Universidade de Missouri e a Universidade Washington são algumas das escolas dos Estados Unidos que têm registrado nomes de domínio .xxx para evitar links com seus nomes a sites pornográficos.

O "St. Louis Post-Dispatch" relata que o novo sistema de endereços chega em breve para as empresas de pornografia. Em uma manobra defensiva, universidades estão registrando seus nomes com o endereço .xxx para manter nomes como washu.xxx e mizzou.xxx longe de pornógrafos.

O novo domínio .xxx será lançado ainda neste ano. Antes disso, todos com uma marca têm a oportunidade de reservar nomes durante o que é chamado de "fase do nascer do sol", destinada a proteger as organizações de exploradores que pegam sites para usar ou vender com lucro.

"Nós não queremos alguém se deparando com a nossa marca em um site pornô", disse Terry Robb, diretor de tecnologia da informação da Universidade de Missouri-Columbia. A instituição registrou também missouri.xxx e missouritigers.xxx.

James Blinn/Shutterstock
Novo domínio .xxx, voltado a sites pornográficos, deve ser lançado neste ano
Novo domínio .xxx, voltado a sites pornográficos, deve ser lançado neste ano

O domínio de nível superior .xxx visa dar a provedores de conteúdo adulto um lugar natural na internet, mas a indústria pornô tem sido crítica ao plano que, dizem alguns, é o primeiro passo para forçá-los a passar para endereços de domínio mais facilmente bloqueáveis.

Custa cerca de US$ 200 por domínio para universidades e outros assumirem o controle de cada um de seus sites .xxx.

A decisão também pode proteger uma universidade de danos não intencionais. Por exemplo, a Universidade Washington é conhecida como "Wash. U.". Uma personagem feminina de animação japonesa chamada WashuHakubi inspirou um conjunto de pesados cartoons com sexo e violência, o que poderia fazer da Washington University uma vítima acidental.

A instituição registrou washu.xxx, além de washingtonuniversity.xxx e wustl.xxx.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar