Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VESTIBULAR DA UNICAMP TRAZ COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO TEMA DE REDAÇÃO

14/11/2011 01:00:00

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), localizada em São Paulo, realizou hoje (13/11) prova da primeira fase do seu vestibular 2012. Ela foi composta por duas partes. A de conhecimentos gerais, com 48 questões de múltipla escolha e a de redação. Nesta, entre os três temas que tiveram de ser desenvolvidos, um deles abordou computação em nuvem, ou, cloud computing, como também é conhecido na área de tecnologia da informação.

Amanda Oliveira, que realizou a prova deste domingo e disputa vaga para engenharia civil, uma das mais concorridas, diz que embora não tenha nenhuma familiaridade com o termo, os textos de apoio eram de fácil entendimento e não dificultou a produção da redação. ?Mas entre os três temas, foi o mais trabalhoso, porque solicitava muitos detalhes e exigiu concentração?, diz, acrescentando que os outros foram mais fáceis porque abordaram assuntos que fazem parte do seu dia a dia como redes sociais e debate por meio da internet. ?Agora sei que computação em nuvem também está presente em muita coisa que faço.?

A estudante está entre os 61.500 inscritos do vestibular da Unicamp, que irão disputar as 3.444 vagas oferecidas neste ano.

Para ter uma ideia da importância do conceito de cloud computing, segundo estimativas do instituto de pesquisas Forrest Research, o mercado global de cloud pública movimentará até 2020 perto de 160 bilhões de dólares por ano e a cloud privada, cerca de 70 bilhões de dólares.

A seguir, veja na íntegra a abordagem para o tema da redação sobre computação em nuvem:

Texto 3

Imagine-se na posição de um leigo em informática que, ao ler a matéria Cabeça nas nuvens, reproduzida abaixo, decide buscar informações sobre o que chamam de computação em nuvem. Após conversar com usuários de computador e ler vários textos sobre o assunto (alguns dos quais reproduzidos abaixo em I, II e III), você conclui que o conceito é pouco conhecido e resolve elaborar um verbete para explicá-lo. Nesse verbete, que será publicado em uma enciclopédia on-line destinada a pessoas que não são especializadas em informática, você deverá:

? definir computação em nuvem, fornecendo dois exemplos para mostrar que ela já está presente em atividades realizadas cotidianamente pela maioria dos usuários de computador;

? apresentar uma vantagem e uma desvantagem que a aplicação da computação em nuvem poderá ter em um futuro próximo.

Cabeça nas nuvens

Quando foi convidado para participar da feira de educação da Microsoft, Diogo Machado já sabia que projeto desenvolver. O estagiário de informática da Escola Estadual Professor Francisco Coelho Ávila Júnior, em Cachoeiro de Itapemirim (ES), estava cansado de ouvir reclamações de alunos que perdiam arquivos no computador. Decidiu criar um sistema para salvar trabalhos na própria internet, como ele já fazia com seus códigos de programação. Dessa forma, se o computador desse pau, o conteúdo ficaria seguro e poderia ser acessado de qualquer máquina.

A ideia do recém-formado técnico em informática se baseava em clouding computing (ou computação em nuvem), tecnologia que é a aposta de gigantes como Apple e Google para o armazenamento de dados no futuro. Em três meses, Diogo desenvolveu o Escola na nuvem escolananuvem.com.br), um portal em que estudantes e professores se cadastram e podem armazenar e trocar conteúdos, como o trabalho de matemática ou os tópicos da aula anterior. As informações ficam em um disco virtual, sempre disponíveis para consulta via web.

(Extraído de Galileu, no. 241, ago. 2011, São Paulo: Editora Globo, p. 79.)

I - ?Você quer ter uma máquina de lavar ou quer ter a roupa lavada?? Essa pergunta resume de forma brilhante o conceito de computação em nuvem, que foi abordado em um documentário veiculado recentemente na TV. (Adaptado de http://toprenda.net/2010/04/computacao-em-nuvem-voce-ja-usa-e-nem-sabia.)

II - Vamos dizer que você é o executivo de uma grande empresa. Suas responsabilidades incluem assegurar que todos os seus empregados tenham o software e o hardware de que precisam para fazer o seu trabalho. Comprar computadores para todos não é suficiente ? você também tem de comprar software ou licenças de software para dar aos empregados as ferramentas que eles exigem. Em breve, deve haver uma alternativa para executivos como você. Em vez de instalar uma suíte de aplicativos em cada computador, você só teria de carregar uma aplicação. Essa aplicação permitiria aos trabalhadores logar-se em um serviço baseado na web que hospeda todos os programas de que o usuário precisa para o seu trabalho.

 Máquinas remotas de outra empresa rodariam tudo ? de e-mail a processador de textos e a complexos programas de análise de dados. Isso é chamado computação em nuvem e poderia mudar toda a indústria de computadores. Se você tem uma conta de e-mail com um serviço baseado na web, como Hotmail, Yahoo! ou Gmail, então você já teve experiência com computação em nuvem. Em vez de rodar um programa de e-mail no seu computador, você se loga numa conta de e-mail remotamente pela web. (Adaptado de Jonathan Strickland, Como funciona a computação em nuvem.Disponível em http://informatica.hsw.uol.com.br/computacao-em-nuvem.htm.)

 III- A simples ideia de determinadas informações ficarem armazenadas em computadores de terceiros (no caso, os fornecedores de serviço), mesmo com documentos garantindo a privacidade e o sigilo, preocupa pessoas, órgãos do governo e, principalmente, empresas. Além disso, há outras questões, como o problema da dependência de acesso à internet: o que fazer quando a conexão cair? Algumas companhias já trabalham em formas de sincronizar aplicações off-line com on-line, mas tecnologias para isso ainda precisam evoluir bastante. (Adaptado de O que é Cloud Computing? Disponível em: http://www.infowester.com/cloudcomputing.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar