Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NEUTRALIDADE DE REDE GERA CRISE POLÍTICA NOS EUA

10/11/2011 01:00:00

A briga pela neutralidade de rede determina uma nova crise política nos Estados Unidos. De acordo com agências de notícias internacionais, a Casa Branca anunciou nesta terça-feira,09/11, que vai exercer seu direito de veto caso o senado norte-americano aprove a resolução que anula o princípio de neutralidade da rede.

O preceito é regulamentado por norma da Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) e entraria em vigor no dia 20 de novembro. A neutralidade defende que operadoras de telecom não podem privilegiar serviços nem sites em que têm interesse econômico, nem prejudicar os da concorrência, a partir das taxas de tráfego de dados. A FCC pretende punir os provedores que penalizem serviços de download ou favoreçam, em velocidade, o acesso a páginas às quais estão, de alguma forma, associadas.

Para a Casa Branca, o princípio de neutralidade é essencial ao crescimento econômico e à defesa da competência, além de favorecer a liberdade de expressão e a inovação. A votação do Senado da emenda que anula a norma da FCC segue-se à aprovação daquela pela Câmara de Representantes, onde o cancelamento da neutralidade recebeu 244, contra 181 a seu favor.

Os contrários à norma são, em maioria, republicanos da oposição, que acreditam que a internet não deve estar sujeita a regulações estatais. Os democratas, do partido de Obama, são maioria no senado, mas não se sabe se todos os representantes apoiam a neutralidade, como o chefe de estado.

 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar