Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ANONYMOUS PREPARA ATAQUE A CARTEL DE TRAFICANTES MEXICANOS

01/11/2011 01:00:00

O grupo hacker Anonymous (que já tirou do ar sites de pedofilia) ameaçou expor a identidade de membros de um temido cartel de drogas mexicano no próximo dia 5/11, como uma forma de retaliação ao sequestro de um de seus integrantes. O coletivo já hackeou o site de um ex-oficial de estado, alegando que ele possui associações com os Zetas, um dos maiores grupos de traficantes do México.

Mas a ação não possui o apoio de todos os membros do Anonymous, que se preocupam com uma possível retaliação (leia-se assassinatos) dos traficantes. No domingo, 30/10, alguns membros do grupo chegaram a tentar cancelar a iniciativa, porém integrantes importantes do Anonymous continuam a apoiá-la.

Um vídeo em espanhol publicado no YouTube em 6/10, por um usuário chamado "MrAnonymousguyfawkes", fazia ameaças de que o Anonymous publicaria os nomes, fotos e endereços de policiais, jornalistas e taxistas que colaboram com o cartel, esperando assim que o governo dos Estados Unidos entre em ação e prenda-os.

?Vocês cometeram um erro enorme ao pegar um de nós. Solte-o. E se acontecer alguma coisa com ele, vocês (!) sempre se lembrarão desse próximo dia 5 de novembro?, afirmou uma pessoa mascarada no vídeo.

O dia 5 de novembro é celebrado como o Dia de Guy Fawkes após uma conspiração feita nessa data em 1605 para tentar acabar com o Parlamento Inglês. A mascara de Guy Fawkes, popularizada pelo filme ?V de Vingança?, foi adotada pelo grupo Anonymous.

O Anonymous afirmou no domingo que realizou o defacement (alteração do conteúdo de uma página na Internet) no site de um ex-oficial de estado mexicano da região de Tabasco. Nesta segunda-feira, a página trazia uma mensagem em espanhol do Anonymous México dizendo que o oficial fazia parte do cartel Zetas.

O cartel mexicano de drogas já matou pessoas que o criticaram em blogs e outras mídias sociais. O Comitê de Proteção para Jornalistas (CPJ) de Nova York informou em setembro o assassinato de um jornalista como retaliação direta por informações postadas em redes sociais.

Segundo Sara Rafsky, pesquisadora ligada ao programa dos EUA do Comitê de Proteção aos Jornalistas, como os jornais são censurados pelo medo, muitos moradores do México e jornalistas estão se voltando para as mídias sociais para compartilhar notícias. ?Por isso, não deveria ser uma surpresa que os cartéis de drogas estejam de olho na Internet.?

?Saibam que a consequência é a morte. A participação é limitada para membros dispostos. O Anonymous não é unânime?, afirmou um membro do grupo hacker em uma mensagem no Twitter, após vários usuários terem alertado o grupo hacker sobre os perigos de expor o cartel.

Responsável por uma longa lista de ações contra redes corporativas, o Anonymous diz usar o hacking como forma de chamar a atenção para as causas e questões que defende. Nos últimos tempos, o grupo adotou alvos militares, aliados dos EUA e empresas do setor de defesa.
 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar