Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT: POR FAVOR, MORRA LOGO, XP

27/10/2011 01:00:00

A Microsoft está ansiosa para que o Windows XP, o sistema operacional que já tem 10 anos, fique apenas na história da computação. Quanto antes melhor, na verdade. Mas, para isso acontecer, as empresas terão de migrar (espera-se) para o Windows 7 ou até mesmo para o 8, nova versão do sistema que deve chegar ao mercado no próximo ano.

O abandono do sistema pode estar mantendo um nível estável, mas a Microsoft quer apertar o passo. De acordo com a empresa de análises Net Applications, o Windows XP fechou o mês de setembro com a parcela de 50,5% entre os computadores ativos que acessaram a internet no mês do estudo, apresentando uma queda de 10 pontos percentuais em dez meses.

A Microsoft deixou claro que deixará de dar suporte ao Windows XP em abril de 2014, um prazo difícil de cumprir que a empresa espera que apresse os clientes corporativos que ainda usam o sistema.

A empresa geralmente oferece suporte aos seus sistemas operacionais por 10 anos após o lançamento. No entanto, a companhia abriu uma exceção no caso do XP, estendendo a vida útil do sistema em três anos devido à popularidade no mercado corporativo.

O sistema operacional do seu pai
Se o prazo do suporte não resolver o problema, a Microsoft está aberta a formas mais sutis de persuasão. Em uma publicação no Windows Experience Blog, Kristina Libby discute o quanto nossas vidas mudaram na última década. Ela escreve:

"Pense em celulares: Você ainda carrega um celular com flip? Pense em música: você ainda diz que Destiny?s Child é a sua banda favorita? (Se é que foi um dia). Pense no seu cabelo: Você está ainda usa o mesmo corte? Por que então você ainda está no Windows XP enquanto o Windows 7 é muito melhor? "

O segredo para a longevidade XP provavelmente tema ver com a morna ? e em muitos casos, francamente hostil ? resposta do seu sucessor, o Windows Vista, o que deu maior confiabilidade e estabilidade ao próprio XP. Os usuários corporativos em grande parte evitaram o Vista, porque o sistema sofria de problemas de segurança e incompatibilidade.

A chegada do Windows 7 em 2009 promoveu um rápido desaparecimento do Vista. Felizmente para a Microsoft, essa versão do sistema operacional foi considerada uma opção confiável para a atualização de computadores corporativos.

O Windows 7 tem atualmente mais de 32% do mercado de sistemas operacionais de desktops, e sua parcela está subindo de forma constante, segundo a Net Applications.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar