Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HACKER ACUSADO DE INVADIR SISTEMA DA SONY PICTURES ALEGA INOCÊNCIA EM TRIBUNAL NOS EUA

18/10/2011 01:00:00

Um suposto membro do grupo hacker Lulzsec declarou-se inocente nesta segunda (17) das acusações de participação no roubo de dados confidenciais da Sony Pictures Entertainment ocorrido em junho deste ano.

Segundo a "Reuters", Cody Kretsinger, 23, alegou inocência ao ser acusado de conspiração e comprometimento de computador protegido durante audiência na Corte Distrital de Los Angeles.

O juiz Victor Kenton marcou o julgamento do suposto membro do LulzSec para 13 de dezembro deste ano. No processo de nove páginas, Kretsinger é acusado de obter informações confidenciais do sistema de computadores da Sony usando a técnica de ?Injeção de SQL?. Com ela, cibercriminosos aproveitam falhas de sistemas que interagem com bases de dados e usam esse tipo de linguagem de programação.

Kretsinger teria ajudado a publicar informações que ele e seus comparsas teriam roubado da Sony Pictures, além de anunciar em um perfil no Twitter a invasão.

Na época, foram publicados nomes, datas de aniversário, endereços, e-mails, telefone e senhas de milhares de pessoas que tinham participado de concursos promovidos pela Sony. Cerca de 37,5 mil usuários tiveram suas informações roubadas.

Além disso, o grupo ainda postou os mapas das redes da Sony BMG em um escritório em Nova York e um arquivo de 54 megabytes que, supostamente, tem informações de código fonte de desenvolvimento da Sony.

Histórico de invasões

O roubo de informações do site da Sony Pictures Entertainment pelo LulzSec foi o segundo grande ataque às redes da empresa neste ano. Em maio, a PSN (Playstation Network) foi invadida por hackers. A investida dos cibercriminosos fez com que fossem vazadas informações de 78 milhões de contas de usuários.

Em um primeiro momento, a empresa desligou a rede de jogos, impossibilitando que os usuários não conseguissem jogar conectados à internet. Após depurar o problema, a companhia japonesa restabeleceu o serviço e ofereceu bônus para as pessoas afetadas.
 
 
Fonte: Uol
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar