Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EX-FUNCIONÁRIO DA MICROSOFT É PRESO POR DESFALQUE DE MEIO MILHÃO DE DÓLARES

28/09/2011

Um ex-empregado da Microsoft começou a cumprir uma pena de 33 meses de prisão após admitir ter praticado um desfalque de 459 mil dólares na gigante de software, aparentemente como parte de uma bizarra campanha de vingança pelo tratamento que teria recebido ao trabalhar lá.

Robert D. Curry foi contratado para cuidar dos parceiros de distribuição da Microsoft, mas transferiu dinheiro da empresa para uma empresa de fachada criada por ele próprio, a Blu Games, por meio de pedidos fictícios submetidos por um terceiro.

A polícia acredita que Curry tentou roubar 1,3 milhão de dólares durante seis meses a partir de abril de 2010.

Tem sido difícil de entender por que exatamente um empregado bem pago iria querer desfalcar seu empregador, mas os motivos incluiriam não só ganância como intenção criminosa. Em carta à Justiça, ele alegou ter sido humilhado por seu chefe, mas não citou nada mais que poderia servir de indicação ao que o levou a praticar um desfalque que foi rapidamente descoberto.

?Infelizmente, não posso dizer em definitivo por que eu fiz o que fiz. Nos últimos nove meses, tenho perguntado a mim mesmo por que eu fui tão autodestrutivo e irracional?, afirmou, em uma declaração à Justiça.

O caso é o terceiro nas últimas semanas em que funcionários da Microsoft foram considerados culpados de roubar grandes somas de dinheiro de seu empregador.

Segundo a procuradora Katheryn Frierson, o tamanho e a riqueza ostensiva da Microsoft poderia ser a razão fundamental.

?Há uma percepção injusta entre alguns que, dado o tamanho, o sucesso e a riqueza da Microsoft, a empresa de alguma forma merece ser explorada. Outros acreditam que a Microsoft convida ou pede por um tratamento desse tipo?, afirmou em documentos entregues à Justiça.
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar