Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ATAQUES DE ENGENHARIA SOCIAL CUSTAM CARO ÀS EMPRESAS, DIZ ESTUDO

22/09/2011

Os ataques de engenharia social ocorrem em todo lugar, são frequentes e custam às organizações milhares de dólares por ano, segundo pesquisa recente da empresa de segurança Check Point Software Technologies.

Uma pesquisa de 850 profissionais de segurança em TI que atuam nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Nova Zelândia revela que 48%, ou quase a metade, foram vítimas de engenharia social e tiveram 25 ou mais ataques nos últimos dois anos. Esses ataques custaram às vítimas de 25 mil a 100 mil dólares por incidente.

"Os ataques de engenharia social têm como alvo pessoas com conhecimento implícito ou acesso a informações sigilosas", explica a Check Point, no relatório. "Os hackers hoje utilizam uma variedade de técnicas e aplicações de redes sociais para obter informações pessoais e profissionais sobre uma pessoa, para encontrar o elo mais fraco dentro de uma organização."

Entre os que responderam à pesquisa, 86% reconhecem a engenharia social como uma grande preocupação. A maioria dos entrevistados - 51% - citou o ganho financeiro como a principal motivação dos ataques. Outras razões seriam a obtenção de vantagem competitiva e vingança.

Os vetores de ataque mais comuns em casos de engenharia social são e-mails de phishing (47% dos incidentes), seguidos de sites de rede social (39%).

Novos empregados são mais propensos a caírem em golpes de engenharia social, segundo o relatório. Em seguida aparecem os terceirizados (44%), assistentes executivos (38%), recursos humanos (33%), líderes de negócio (32%) e pessoal de TI (23%). Contudo, quase um terço das organizações afirmou não ter programas de alerta e prevenção de engenharia social. Entre os pesquisados, 34% não têm qualquer treinamento de funcionários ou políticas de segurança para prevenir técnicas de engenharia social. No entanto, 19% afirmaram ter planos de implantá-los, destacou a Check Point.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar