Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NETFLIX AUMENTA PREÇO E PERDE ASSINANTES

21/09/2011

Uma semana após anunciar o início de suas operações na América Latina (Brasil inclusive), a Netflix, maior locadora virtual do mundo, está em crise em seu próprio país. A empresa americana perdeu mais de 1 milhão de assinantes e registrou queda no valor de suas ações, após a decisão de separar os negócios de locação e streaming, o que muitos usuários encararam como prejudicial.

Nesta segunda-feira, o presidente e fundador da Netflix, Reed Hastings, distribuiu comunicado assumindo que a decisão foi errada e pedindo desculpas aos seus cerca de 25 milhões de assinantes. "Fui traído pela arrogância devido ao sucesso obtido no passado", disse Hastings em seu blog (leia aqui o texto original). "Deveríamos ter consultado os usuários antes de tomar essa decisão". No entanto, a empresa confirmou que não irá voltar atrás.

Fundada em 1997, a Netflix tornou-se um fenômeno nos EUA ao oferecer o serviço de aluguel de DVDs pela internet, com entrega em domicílio; anos mais tarde, foi pioneira também na distribuição online de filmes e vídeos, via streaming. Segundo Hastings, os dois negócios evoluíram de modo diferente, com estruturas de custo distintas, obrigando à separação. A partir de agora, será criada uma nova empresa - chamada Qwikster - para cuidar especificamente a locação física de discos DVD e Blu-ray. Os assinantes que quiserem continuar com os dois serviços (locação e streaming) terão aumento de 60% na assinatura, que atualmente é de 10 dólares por mês.

O anúncio foi pessimamente recebido pelos assinantes. A própria Netflix admitiu que irá perder cerca de 1 milhão deles, o que refletiu imediatamente na cotação de suas ações: nesta segunda-feira, elas caíram 19%.
 
 
 
 
Fonte: Revista HT

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar