Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SPRINT É PRIMEIRA USUÁRIA DA CARTEIRA VIRTUAL DO GOOGLE

21/09/2011

O Google lançou oficialmente nesta segunda-feira, 19/09, seu primeiro serviço de carteira virtual no celular por meio de um aplicativo que funcionará em um primeiro momento em terminais da empresa de telefonia Sprint.

Mas o Google informou também que Visa, Discover e American Express haviam aceitado participar de sua nova ferramenta de pagamento e estavam trabalhando para adaptar suas especificações ao Google Wallet, que já funciona para MasterCard.

Inicialmente somente os usuários de Sprint que tenham um telefone modelo Nexus S 4G poderão acessar o Google Wallet, que paulatinamente será disponibilizado para mais aparelhos.

A carteira eletrônica se baseia na tecnologia de comunicação sem fio por proximidade NFC aplicada a telefones com sistema operacional Android e terminais de pagamento instalados em lojas.

Há mais de 300 mil pontos de venda habilitados nos Estados Unidos para usar esse aplicativo que o Google anunciou pela primeira vez em maio deste ano. A companhia estenderá esse modelo a outros países ao longo dos próximos meses.

Esse sistema de pagamento, pelo qual as lojas não terão que desembolsar cotas extras, foi desenvolvido em colaboração com o Citibank e com a MasterCard.

Os aplicativos baixados pelos usuários registrarão os números dos cartões de crédito e permitirão pagar as compras realizadas apenas passando o terminal na frente de um dispositivo que o reconheça.

Além disso, o Google comercializará cartões pré-pagos próprios que poderão ser recarregados com qualquer cartão, tenha ou não acordo com Google.

A comunicação entre os pontos de venda, os clientes e as entidades financeiras estarão protegidos e os usuários disporão de um código PIN para verificar sua identidade e evitar fraudes.O serviço também suportará números de conta de cartões de afinidade e permitirá receber descontos e promoções, através de redes sem fios ou passando o telefone celular na frente de "pontos de oferta" instalados em lojas e locais públicos.

As lojas poderão desenvolver cupons de desconto e programas de fidelidade de clientes, que serão aplicados automaticamente ao comprar produtos e tê-los disponíveis para os usuários nos pontos de oferta.
 
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar