Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SONY MUDA TERMOS DE SERVIÇO DA PSN E PROÍBE AÇÃO CONJUNTA

20/09/2011

A Sony pode não ter muita experiência com a segurança dos seus serviços online, mas quando se trata de grandes processos, a empresa mostra que domina a ciência como ninguém.

Isso ficou claro com os novos Termos de Serviço e Política de Privacidade da PlayStation Network (PSN), que prevê a impossibilidade de ser processada por grupos de usuários em conjunto, a menos que você explore algumas brechas. Então na próxima vez que você acessar a PSN, deve pensar duas vezes antes de clicar no ?Concordo?. Você pode o documento oficial, ou apenas ler as coisas importantes aqui:

"Isenção de ação de classe. Quaisquer procedimentos resolução de processos, seja em arbitragem ou no Tribunal de Justiça, serão realizados apenas numa base individual e não em uma ação conjunta ou representativa ou como um membro nomeado ou sem nome em uma classe, consolidada, com ação com advogado geral representativo ou particular, a menos que tanto você como a Sony concordem em fazer um disputa especificamente por escrito após o início da arbitragem."

Chirs Pereira, do portal 1UP, explica que os novos termos de serviço não previnem completamente que você mova uma ação conjunta. Tudo que você precisa é enviar uma carta para a Sony, esperar que eles a percam, enviar outra e esperar que o escritório de advocacia deles ligue para você. Ou você pode simplesmente cancelar a sua conta na PSN e processar a empresa.

Se você já faz parte de um processo conjunto, iniciado antes de 20 de agosto deste ano, quando todas as invasões e vazamentos de dados estavam acontecendo, você pode ficar tranquilo.

A Sony também está reforçando a marca de Sony Entertainment Network America para Sony Entertainment Network International, o que é curioso já que a Sony Corporation é uma entidade baseada no Japão.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar