Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT DEMONSTRA INICIALIZAÇÃO ´SUPERVELOZ´ DO WINDOWS 8

12/09/2011

A Microsoft tem uma surpresa para os usuários que estão cansados de esperar longos períodos enquanto seus computadores iniciam o sistema operacional. De acordo com uma demonstração em vídeo disponibilizada pela empresa, serão necessários apenas 10 segundos para que um PC com Windows 8 seja ligado e exiba a tela inicial. Toda essa velocidade é possível graças a um novo sistema híbrido que mistura processos utilizado em ?boots frios? e no modo de hibernação. 

Graças à influência dos tablets e smartphones, os usuários estão mais acostumados do que nunca a ter acesso instantâneo aos seus dispositivos. Isso faz com que as pessoas sintam-se praticamente na idade da pedra quando precisam esperar um minuto ou dois até que seus computadores liguem.

Ainda assim, mais da metade dos usuários de PC (57% de desktops e 45% de laptops) preferem desligar seus equipamentos, em vez de  deixá-los hibernando ou em repouso, de acordo com dados da empresa de Redmond. As razões para isso variam: são desde usuários que desejam economizar energia até aqueles que preferem iniciar suas sessões sem processos acumulados.

windows8-300.jpg

Windows 8: chega de perder tempo para ligar o micro...

Mesmo que boa parte ainda prefira desligar a máquina, outra fatia muito grande utiliza repouso ou hibernação. No Windows 8, a Microsoft decidiu criar um processo de desligamento que serviria para ambos os públicos ao atingir três objetivos básicos: consumo de energia quase nulo quando o computador está desligado, uma sessão nova ao ligar e uma inicialização veloz. 

Para alcançar essas metas, o modo de desligamento padrão da nova versão do sistema operacional executa uma hibernação chamada ?sessão 0?. Basicamente, o computador desliga normalmente, entretanto o kernel de sessão do Windows é salvo em um arquivo de hibernação e, depois disso, o computador é desligado.

Normalmente, o kernel (componente central do SO, que funciona como um link entre aplicações e processamento de dados no nível do hardware) é desligado completamente, e armazenar essa sessão resulta em um pequeno arquivo de hibernação que pode ser lido na memória muito mais rápido do que iniciar tudo através de um boot frio tradicional, explicou a Microsoft.

Outra novidade é que esse tempo de inicialização também se aproveita de sistemas multi-core, utilizando todos os núcleos em paralelo para acelerar a leitura do arquivo de hibernação. Veja abaixo o vídeo no qual Emily Wilson, gerente do programação do grupo de plataforma kernel do Windows 8 demonstra o tempo de boot do sistema operacional:

 

 
 
 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar