Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PREÇO DOS TELEFONES 3G SEGUE COMO BARREIRA NO BRASIL

09/09/2011

No primeiro semestre, os acessos de banda larga móvel cresceram 35% e chegaram a 28 milhões. Até o final do ano, as conexões móveis devem chegar a 35 milhões de acessos, o dobro estimado para a banda larga fixa no mercado brasileiro.

Os dados são do balanço Huawei de Banda Larga, com informações consolidadas do segundo trimestre para banda larga fixa e móvel, divulgado nesta quinta-feira, 08/09.

Segundo o estudo, no Brasil, as operadoras estão customizando pacotes para diferentes usos como e-mail, redes sociais, chat ou acesso à internet convencional. Essa estratégia impulsiona a adesão aos planos oferecidos que, hoje, são cobrados por volume de dados _ a cobrança por velocidade, segundo o levantamento, caiu em desuso.

Mas o estudo também comprova que a média de preços no Brasil para pacotes de 2 e 3 GB está acima dos valores praticados em outros países. E falando em custo, o balanço constata que mesmo com queda média de 8% no segundo trimestre, o preço dos telefones celulares 3G ainda é uma barreira para a difusão da banda larga móvel, principalmente no segmento pré-pago.

Já no pós-pago, o preço desse tipo de aparelho pode cair consideravelmente, de acordo com o plano adquirido. Os modems 3G também apresentaram leve queda de preço no trimestre e já podem ser encontrados por um preço médio de R$ 96,00. Tendo como referência o 2º trimestre de 2010, o preço médio do modem no Brasil caiu 35% nos últimos 12 meses.

Ainda de acordo com o levantamento, o smartphone se tornou o principal dispositivo de acesso à internet. Seu volume de vendas superou novamente o de PCs pelo 3º trimestre consecutivo e para cada 10 celulares vendidos no mundo, três já são smartphones.
 
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar