Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SERVIÇOS DE LOCALIZAÇÃO NÃO SÃO MUITO POPULARES ENTRE OS USUÁRIOS

08/09/2011

Talvez o Facebook tenha agido corretamente quando decidiu alterar seu serviço de localização, o Places. Afinal, embora a tecnologia exista ? torres de celular e satélites identificam o local onde o usuário está e podem compartilhar a informação ? são poucos os americanos que realmente se interessam pelo recurso, como constata recente pesquisa do Instituto Pew, independentemente do serviço usado: Foursquare, Gowalla ou o próprio FB.

Isso não significa que a tecnologia é desprezada. De acordo com o Instituto Pew, um quarto dos usuários dos Estados Unidos usa funções do tipo, seja para receber direções, seja para receber indicações de atrações. Mas, em se tratando de anunciar a sua chegada a um restaurante ou bar, o interesse cai consideravelmente.

?Os americanos não estão ansiosos por compartilhar sua localização em redes sociais?, afirmou Kathryn Zickuhr , pesquisadora do instituto e uma das autoras do estudo.

Os internautas, aliás, são mais sujeitos a divulgar esse tipo de informação a partir de mensagens no Twitter ou no FB do que nas ferramentas desenvolvidas para tal. Apenas 4% dos usuários americanos usam seus celulares para compartilhar localização via chek-ins, enquanto que 7% configuram seus perfis para, quando comentarem algo, a localização ser incluída na mensagem.

Outra constatação da Pew é que os donos de smartphones são mais propensos a utilizar ferramentas de geolocalização (12%). Isso não chega a ser uma surpresa, já que muitas das funções só são acessíveis a partir de dispositivos móveis, como insígnias e descontos. Com celulares, por não terem aplicativos, o processo é bem mais trabalhoso ? o Foursquare, por exemplo, oferece o serviço a partir de SMS.

Embora os usuários americanos não pareçam interessados em compartilhar por onde passam, o número de chek-ins em termos globais está aumentando. O Foursquare, lançado em março de 2009, diz possuir mais de 10 milhões de membros. Já o Gowalla, de acordo com um relatório divulgado no fim do ano passado, tem 600 mil.

A pesquisa do Pew ? chamada de Pew Internet & American Life Project ? entrevistou 2277 adultos americanos, por telefone, entre 26/04 e 22/05.
 
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar