Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PRESENÇA DE TV A CABO INCENTIVA ADOÇÃO DE BANDA LARGA

06/09/2011

Estudo divulgado nesta segunda (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indica que a presença de empresas que oferecem TV a cabo aumenta em média 35% o número de clientes de internet banda larga em um município. O serviço chega até a 48% em cidades em que há oferta de TV por assinatura, enquanto em municípios em que não há outorga para emissoras fechadas a penetração domiciliar é de apenas 19%.

?A presença de outorga de TV a cabo em um município está intimamente relacionada ao número de acessos em banda larga, uma vez que a tecnologia do cable modem representa um eficaz concorrente da tecnologia xDSL [internet via telefone fixo]?, diz um dos artigos da pesquisa.

O estudo diz que os números são resultado das medidas tomadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para incentivar a expansão da banda larga, como o preço de R$ 9 mil para licenças e o fim do limite de outorgas.

Segundo o relatório, ?houve um aceleramento do crescimento da base de clientes de TV a cabo a partir de 2005, quando a taxa de crescimento média aumentou para 14% ao ano?.

A conclusão é parte do 15º Boletim Radar ? Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, realizado por dois especialistas em regulação da Anatel e pelo coordenador-geral de Análise Econômica da Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça, Alexandre Henriksen. O estudo traz informações e análises sobre o cenário atual das telecomunicações no Brasil.

Atualmente, 270 dos 5 500 municípios do Brasil contam com oferta de planos de TV a cabo. Com as medidas, a Anatel pretende aumentar ainda mais o número de locais com acesso ao serviço, já que o estudo afirma que a presença de emissoras fechadas atrai provedores de banda larga. De acordo com o relatório, ?crê-se que haja evidências suficientes quanto à razoabilidade e à conveniência das medidas regulatórias tomadas pela Anatel para permitir uma maior abertura do mercado de TV a cabo.?
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar