Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SUPER-HERÓIS SÃO GRANDE ATRAÇÃO DA GAMESCOM

22/08/2011

De Homem-Aranha a Batman, os super-heróis sempre foram fonte de inspiração para a indústria dos games, que aproveitou a feira Gamescom para apresentar as novas aventuras destes e outros personagens de ficção que chegarão aos consoles nos próximos meses.
 

Entrar na pele de um super-herói através dos controles do videogame é o objetivo de muitos jogadores e, para tornar esse sonho realidade, a Activision criou "X-Men Destiny".

Nem Tempestade, nem Wolverine, nem Magneto. Os protagonistas deste jogo são três jovens mutantes anônimos que com a ajuda de alguns dos X-Men terão que aprender a controlar seus poderes e decidir se estão do lado daqueles que querem salvar a humanidade ou dos que lutam por sua aniquilação.

O jogo, que será lançado para Xbox360, PlayStation 3, Wii e DS no final de setembro, se inspira no argumento da série de histórias em quadrinhos "X-Men: Legacy", que narra a divisão do grupo de super-heróis após a morte do Professor Xavier.

Os jogadores poderão combinar diferentes poderes, capturar "genes mutantes" para melhorar suas habilidades e conseguir trajes com os quais adquirem proteção adicional durante os combates.

Também pela Activision, e com o carimbo inconfundível do veterano da Marvel Comics Peter David, chegará às prateleiras "Spider-Man: Edge of Time", um jogo de ação que conta com um complexo argumento repleto de paradoxos de tempo e espaço.

O vilão do jogo, Walker Sloan, vive no futuro, em 2099, uma época na qual os avanços tecnológicos permitem que se transporte ao passado. A viagem no tempo acaba alterando o desenrolar dos acontecimentos e faz do Sloan de 2099 um tirano que governa o mundo todo.

O papel do Homem-Aranha nesta história chega pelas mãos de Miguel O´Hara, um geneticista que também é do futuro e conseguiu modificar seus genes para adquirir os mesmos poderes de Peter Parker. No jogo, O´Hara descobre que se não impedir que Sloan viaje ao passado, Parker acabará sendo morto pelo Anti-Venom.

O roteiro cheio de intrigas e viagens no tempo se traduz em um jogo com duas histórias independentes nas quais os jogadores deverão levar em consideração o conceito "causa-efeito" antes de realizar qualquer movimento.

Já em outubro sairá à venda o aguardado "Batman: Arkham City", uma sequência da história em quadrinhos ambientada no hospício de Arkham da cidade fictícia de Gotham, que gerou grande interesse entre o público da Gamescom não só pelo título em si, mas também pelo impressionante estande montado pela Warner Bros. para a ocasião.

Arkham City se transformou no "novo lar" dos pistoleiros, gângsteres e demais criminosos da cidade, o cenário perfeito para um jogo de ação que, pelo que se pôde ver até o momento, não decepcionará os fãs do homem-morcego.

James Bond não é um super-herói, mas sua condição de superagente secreto com licença para matar, além de toda a lenda que rodeia o personagem, o levou a protagonizar o jogo "GoldenEye 007: Reloaded".

Com este título, o agente criado por Ian Fleming chegará aos consoles com surpreendentes efeitos especiais e mais velocidade do que nunca em um título do gênero "shooter" que almeja ser o mais realista de todos os jogos que tiveram Bond como protagonista.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar