Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VIDEOGAME PORTÁTIL PS VITA VAI PERMITIR ATÉ MESMO TUITAR

18/08/2011

Que tal um videogame de bolso com gráficos de ponta, funções multijogador, câmeras frontal e traseira, tela sensível ao toque e que, além de tudo, ainda é conectado às redes sociais? Este é o PlayStation Vita, mostrado em detalhes pela Sony durante a Gamescom 2011, feira de jogos que vai até domingo (21), na Alemanha.

Com lançamento programado para o ano que vem --em 2011, no Japão--, o Vita quer provar que, mesmo com ascensão dos smartphones enquanto plataformas para jogos, ainda há mercado para consoles portáteis.

Divulgação
Divulgação
PS Vita, novo console portátil da Sony
PS Vita, novo console portátil da Sony

Para tanto, durante a Gamescom a Sony aproveitou para falar que, com o Vita, o jogador poderá também utilizar o Twitter, Facebook, Foursquare e até mesmo o Skype. Além disso, o portátil possui recursos que permitem saber o que outras pessoas próximas estão jogando, sem contar suporte a chat por texto e voz.

No entanto, é evidente que o que importa mesmo em um videogame portátil são os jogos. Nesse ponto, a linha inicial de títulos é promissora: franquias consagradas do PlayStation 3 como Uncharted, Resistance e LittleBigPlanet, já estão a caminho do Vita, e há ainda diversos títulos inéditos feito sob encomenda para o aparelho.

O potencial técnico do Vita aliado à tela, que é muito menor em comparação a uma TV, dão a impressão de que em alguns jogos os gráficos do console são tão bonitos quanto os de games para PS3.

O que deve dar ao Vita um diferencial estratégico é a superfície de toque, localizada na parte traseira. Graças à ela, muda-se o jeito de jogar: na aventura Uncharted: Golden Abyss, por exemplo, a superfície de toque serve para olhar para os diferentes lados do cenário, enquanto em LittleBigPlanet o recurso ajuda a solucionar quebra-cabeças.

As câmeras traseira e frontal servem não apenas para filmar ou fotografar, mas também para jogar games que utilizam realidade aumentada --ou seja, que interagem com o ambiente real.

Resta saber se os jogadores estarão dispostos a desembolsar US$ 249 ou US$ 299 (versão com suporte 3G) para pôr as mãos em um PS Vita.

Vale destacar que, no final de julho, a Nintendo, tradicional líder do mercado de portáteis, baixou em US$ 70 o preço do 3DS nos EUA, apenas cinco meses após o lançamento do aparelho. A empresa nipônica estaria insatisfeita as vendas do portátil.

O principal trunfo do 3Ds, concorrente do Vita, é a capacidade de gerar gráficos 3D sem a necessidade de óculos especiais.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar