Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GUIA DA MCAFEE TRAZ DICAS PARA USO SEGURO DE BANCO NA INTERNET

12/08/2011

A empresa de segurança McAfee lançou nesta semana um guia para o uso de serviços bancários na Internet. Um dos fatores que motivou o lançamento foi uma pesquisa da Javelin Strategy & Research, que descobriu que metade das pessoas que controlam as finanças em PCs domésticos nos Estados Unidos não possuem um programa antivírus instalado.

A partir de seu levantamento nos EUA, a McAfee afirma ter identificado três tipos principais de personalidade de usuários de serviços bancários na web e em aparelhos móveis. E elaborou dicas para a sua proteção na hora de realizar transações bancárias na web. Segundo a empresa, os comportamentos nessas operações são comuns em muitos países, o que torna seus conselhos úteis para a maioria dos usuários. 

O 1º grupo identificado pela empresa é chamado de ?competente, mas descuidado?, com pessoas entre 18 e 24 anos. Como são os que mais se sentem à vontade com a tecnologia, esses usuários tornam-se vulneráveis a malwares em operações bancárias, sendo que 68% deles não possuem nenhum antivírus básico em seus computadores, segundo a Javelin. Entre os conselhos para esse grupo, estão usar uma ferramenta para garantir que seu PC esteja livre de ameaças, comprar um software de segurança abrangente (a empresa não recomenda os programas gratuitos) e evitar distrações ao usar o banco na web ou verificar seus e-mails, para não cair em golpes de phishing, por exemplo.

Em seguida vêm os chamados usuários ?confiantes, mas casuais?, que estão na faixa entre 25 e 45 anos e usam a Internet para trabalho e tarefas pessoais, sendo os usuários mais frequentes de serviços bancários na web. Apesar de muitos deles já possuírem antivírus em suas máquinas, essas pessoas tendem a ser muito casuais ou confiantes quanto à segurança. Para esse grupo, a McAfee também recomenda a compra de um software abrangente de segurança e uma verificação para garantir que a máquina esteja livre de malwares antes de realizar transações. Além disso, pede para que os usuários nunca respondam ou cliquem em links ou anexos de e-mails não solicitados de um banco e verifiquem sempre os extratos e transações assim que chegarem.

Como esperado, o grupo ?conservador e cuidadoso?, que abrange pessoas acima dos 45 anos, é o menos familiarizado com tecnologia e utiliza menos o banco pela web. Por serem, mais cautelosas, estão mais protegidos que o 1º grupo: 55% deles possuem softwares de segurança em suas máquinas. Os conselhos para esses usuários incluem verificar o PC antes das transações, tomar cuidado com sites falsificados (verificar se o endereço está correto na barra e criar senhas de alta segurança (misturar letras e números) ? e mudá-las com frequência.

Dispositivos móveis

A McAfee também incluiu no guia algumas dicas para transações bancárias em aparelhos móveis, como smartphones e tablets. Elas são: certificar-se que sua rede sem fio é segura (nunca usar a rede de um hotel ou café, por exemplo), usar o app oficial do seu banco, instalar tecnologias antirroubo e fazer backup dos seus dados e configurar o device para travar automaticamente após algum tempo sem uso.

Para conferir o guia completo (em inglês), acesse o site da McAfee.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar