Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WINDOWS 7 SERÁ O SISTEMA MAIS USADO DO MUNDO ATÉ O FIM DE 2011

10/08/2011

Lançado em setembro de 2009, o sistema operacional Windows 7 será o mais utilizado do mundo até o fim do ano. O programa da empresa fundada por Bill Gates estará instalado em 42% dos computadores de todo o mundo. As previsões são do Gartner, empresa especializada em pesquisas na área de TI (Tecnologia da Informação), e foram divulgadas nesta terça-feira (9).

O levantamento da companhia americana salienta que o motivo para a rápida adesão é causada pelo aumento do investimento na área de T.I. nas empresas. ?Melhorias no orçamento em 2010 e 2011 estão ajudando a acelerar a adesão ao Windows 7 nas companhias, sobretudo nos Estados Unidos e na Ásia/Pacífico, onde o sistema apresentou grande crescimento no último quadrimestre de 2010?, explicou Annette Jump, diretora de pesquisa do Gartner.

De acordo com a companhia, o Windows 7 será a última versão do sistema operacional a causar uma grande migração no ambiente corporativo. A razão desta previsão baseia-se no fato de que cada vez mais as companhias buscam arquiteturas diferentes, como o uso de virtualização ou de aplicações acessadas diretamente pela internet (cloud computing).

A concorrência

A Apple, com o sistema Mac OS, apresentou crescimento na participação de mercado no último ano. O sistema da companhia de Steve Jobs deteve 4% do mercado de computadores pessoais do ano de 2010, contra 3,3% em 2008. A tendência é que a Apple, até o fim de 2011, chegue a 4,5% e que em 2015 esse número vá para 5,2%.

O crescimento, explica o Gartner, ocorrerá em ?mercados maduros?, onde os consumidores estão comprando equipamentos do ?ecossistema? da Apple como iPads e iPhones. Apesar de ter altas taxas de adesão na Europa e na América do Norte, o crescimento mais rápido esperado para o sistema é nas economias emergentes.

Por outro lado, o Linux continuará ainda como um sistema de nicho pelos próximos cinco anos. A participação do sistema, que tem várias distribuições, ficará abaixo dos 2%.

Correndo por fora, há ainda os sistemas ?leves?, geralmente baseados na nuvem como o ChromeOS ou o WebOS. O Gartner prevê que essas plataformas não terão grande significância para o mercado nos próximos cinco anos.  ?Analistas acreditam que para que eles comecem a ter algum tipo de relevância, eles necessitam primeiro ganhar o mercado de tablets.? Porém, a presença deles vão impactar de alguma forma o sistema da Microsoft.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar