Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TIM ALCANÇA CLARO NO MERCADO DE TELEFONIA MÓVEL

27/07/2011

A TIM Participações alcançou a Claro na segunda posição de telefonia móvel no Brasil, dando continuidade à trajetória de crescimento neste ano, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgados nesta terça-feira.

Ambas agora contam igualmente com 25,55 por cento de market share, em uma disputa na qual a Claro, do grupo mexicano América Móvil, vem perdendo terreno há meses.

Apesar de a TIM ter dito que não mira exclusivamente subir no ranking, e sim ganhar rentabilidade, o mercado deve enxergar com bons olhos sua chegada à segunda posição do mercado brasileiro, que fechou junho com um total de 217,3 milhões de acessos móveis.

"É sempre bom subir colocações, e o crescimento da TIM tem sido um destaque para a valorização da ação da companhia nos últimos meses, além do anúncio de entrada no Novo Mercado (da Bovespa)", disse a analista Luciana Leocadio, da corretora Ativa.

A ação preferencial da TIM já acumula valorização de mais de 40 por cento desde janeiro, contra alta de quase 20 por cento do índice ITEL, que reúne ações de empresas de telefonia na Bovespa. Junta-se a isso uma expectativa de resultado positivo da companhia no segundo trimestre, que será divulgado em 2 de agosto.

Em maio, a TIM registrou participação de mercado de 25,34 por cento, enquanto a Claro havia fechado o mês com 25,46 por cento.

Em números absolutos a Claro ainda possui uma ligeira vantagem sobre a TIM. A subsidiária brasileira da Telecom Italia fechou junho com 55,525 milhões de acessos móveis, segundo a Anatel, quase 10 mil linhas a menos do que a concorrente, um número considerado baixo e que, se mantida a tendência de crescimento da TIM, deve ser superado em julho.

A Vivo, que divulgará seus resultados conjuntos com a Telesp na quarta-feira, continuou isolada na liderança, com 29,47 por cento do mercado em junho, leve queda ante 29,48 por cento no mês anterior, e conta com mais de 64 milhões de acessos móveis.

Enquanto isso, a Oi continuou perdendo terreno e encerrou o mês passado com 19,1 por cento de participação de mercado, frente a 19,38 por cento no mês anterior.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar