Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HACKERS ALEGAM TER VIOLADO SISTEMA DE SEGURANÇA DA OTAN

22/07/2011

O grupo de hackers Anonymous anunciou que violou o sistema de segurança da Otan (Organização para o Tratado do Atlântico Norte) e invadiu uma grande quantidade de material restrito.

O Anonymous disse que seria "irresponsável" publicar a maior parte do material que roubou da Otan, mas que os dados totalizam por volta de 1 Gbyte.

O grupo postou um arquivo.pdf em sua página no Twitter, revelando um documento com o cabeçalho "NATO Restricted" (restrito à Otan) com data de 27 de agosto de 2007.

No Twitter, o grupo postou a mensagem "Hi NATO. Yes, we haz more of your delicious data" --algo como "Olá, Otan. Sim, nós temos mais de suas informações deliciosas"--, sugerindo que mais dados seriam liberados nos próximos dias.

Um agente da Otan que não pôde se identificar disse que a organização está sabendo do suposto ataque.

"Especialistas em segurança da Otan estão investigando as declarações", disse ele. "Nós condenamos fortemente vazamentos de documentos restritos, que podem colocar em perigo a segurança de aliados, forças armadas e cidadãos de países da Otan."

O Anonymous é um grupo de hackers sem organização consistente que se afina com o WikiLeaks. Eles alegam ser responsáveis por ataques contra sites de corporações e governos do mundo todo.

Eles também afirmam ter tirado do ar os sites de Visa e MasterCard quando as companhias decidiram não processar transações de doações para o WikiLeaks e o seu fundador, Julian Assange.

Na última quinta-feira, autoridades americanas anunciaram 14 prisões relacionadas a ataques ocorridos em dezembro contra o serviço de pagamentos pela internet PayPal, atribuídos ao Anonymous. Dois outros americanos, quatro holandeses e um britânico foram presos por suspeita de participação em outros ataques contra companhias e organizações, segundo as autoridades americanas.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar