Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONHEÇA 7 GAMES QUE DEIXAM VOCÊ MAIS INTELIGENTE

18/07/2011

Será que jogar videogame pode fazer bem para você? Alguns estudos científicos sugerem que jogos de tabuleiro como xadrez podem influenciar positivamente o desenvolvimento do pensamento crítico, memória, e habilidades de raciocínio em crianças pequenas. Mas será que os videogames poderiam ter um efeito benéfico similar nas mentes em desenvolvimento? Descobrimos algumas pesquisas interessantes sugerindo que pode haver mais no ato de jogar games do que vemos à primeira vista ? mas não utilize esses intrigantes estudos científicos para largar tudo e jogar games o dia todo, claro.

"Halo 2" ajuda as crianças a desenvolverem melhores habilidades de atenção
Franquias de games de ação como ?Halo?, ?Gears of War? e ?Grand Theft Auto? receberam críticas por espalhar brutalidade (ou ao menos insensibilidade) entre os gamers jovens. Mas um estudo clínico com 114 crianças e jovens (entre 7 e 22 anos), feito por pesquisadores da Universidades de Rochester, em NY, sugere que jogar tais games pode ter alguns benefícios psicológicos. As crianças que jogam games de ação podem desenvolver a habilidade de prestar atenção e focar em vários objetos de modo muito mais rápido do que crianças que não jogam. De acordo com a pesquisa, ?esse estudo mostra que as crianças que jogam games de ação exibem nível de desempenho que só são alcançados muito tempo depois, ou nem são alcançados, com pessoas que não jogam games.?

Jogar "Peggle" diminui a incidência de ansiedade e depressão
Além de melhorar seu vocabulário, jogar
Bookworm Adventures pode ajudar a protelar doenças mentais. Pesquisadores de Universidade East Carolina estudaram os efeitos de um tempo normal de jogabilidade na saúde psicológica dos gamers e descobriram que os participantes que jogaram títulos casuais, como ?Peggle?, três vezes por semana por pelo menos 30 minutos por vez demonstraram reduções significativas de tensão, raiva, depressão, e fatiga em comparação com um grupo controlado que evitava games. Os jogadores de games casuais mostraram uma queda de 57% nos sintomas depressivos, e testes a longo prazo sugerem que esses benefícios continuaram desde que as pessoas continuassem a jogar os games.

"Call of Duty" treina os jogadores para tomarem decisões inteligentes mais rapidamente
Um estudo publicado no jornal científico Current Biology sugere que jogar games de ação melhora a velocidade de reação. Cientistas cognitivos da Universidade de Rochester ?testaram de pessoas entre 18 e 25 anos que não eram jogadores de videogame comuns?, pedindo a eles para jogarem 50 horas de ?Call of Duty 2? ou ?The Sims 2? antes de testá-los com perguntas cronometradas. Os participantes que jogaram games de ação foram quase tão precisos quanto aqueles que não jogaram, e reagiram de forma 25% mais rápida. ?Os jogadores de games ação tomam mais decisões corretas por unidade de tempo?, disse o
autor do estudo, D. Bavelier. ?Se você é um cirurgião ou está em meio a um campo de batalha, isso pode fazer toda a diferença.?

cod201.jpg

"Cod2" deixa jogadores mais "espertos", segundo estudo

?Brain Age 2? deixa as crianças melhores em matemática
Jogar  ?
Brain Age 2? por 15 minutos todas as manhãs ajudou 30 estudantes da escola escocesa St. Columbia a derrotar seus colegas em uma série de testes de matemática padrão. Pesquisadores colocaram os ?estudantes gamers? contra um grupo parecido de estudantes que treinava em uma "Brain Gym", fazendo atividades físicas desenvolvidas para promover a função cognitiva, assim como contra um terceiro grupo em controle que não recebeu nenhum tipo especial de treinamento. As três equipes receberam testes de matemática desafiadores e após o estudo, os gamers de ?Brain Age 2? demonstraram habilidades cognitivas significativamente melhores em comparação as outras crianças.

"Unreal Tournament" estimula sua visão
Pesquisadores da Universidade de Rochester publicaram um estudo sugerindo que jogar regularmente games de ação intensa pode melhorar a habilidade dos jogadores de identificar detalhes visuais a distância. O Dr. Bavalier deu exames visuais compreensivos para um grupo de estudantes universitários que raramente jogavam games, e então dividiu-os em dois grupos ? um que jogou ?
Unreal Tournament? por uma hora diária, e outro que jogou ?Tetris? pela mesma quantidade de tempo. Após um mês os dois grupos foram testados novamente. O grupo do ?Tetris? não mostrou nenhum melhoria notável em precisão visual, mas os gamers que jogaram ?Unreal Tournament? foram cerca de 20% mais bem-sucedidos do que antes em identificar personagens a distância.

?Rise of Nations? melhora as habilidades de tomada de decisão executivas
Jogar games de estratégia complexos pode melhorar de modo mensurável sua habilidade de fazer mais de uma tarefa ao mesmo tempo e tomar decisões executivas. De acordo com pesquisa conduzida pelo professor Arthur Kramer, da Universidade de Illinois, adultos que jogaram 23 horas do game de estratégia em tempo real ?Rise of Nations? demonstraram melhores ?funções de controle executivo? do que um grupo-controle de pessoas parecidas que não jogaram o título. Notavelmente, os gamers tornaram-se significativamente melhores e mais rápidos em trocar de tarefas em comparação ao grupo ?não gamer?. ?Em terminologia médica, esses seriam os efeitos de resposta-dose?, diz Kramer. ?Quando mais droga ? ou nesse caso, mais treinamento com os videogames ? mais benefícios.?

riseof101.jpg

Game de estratégia pode melhorar tomada de decisões executivas

?Tetris? deixa seu cérebro maior
Jogar games de enigmas pode aumentar o poder do seu cérebro, de acordo com uma pesquisa conduzida pelo Mind Research Network em Albuquerque, no Novo México. Os pesquisadores descobriram melhorias notáveis na função cerebral e espessura cortical entre 26 garotas adolescentes que jogaram 30 minutos diários de ?Tetris? por 90 dias. As meninas passaram por verificações estruturais e funcionais MRI antes e depois do período de prática de três meses, assim como as garotas de um grupo de controle cujos membros não jogaram ?Tetris?. As jovens que jogaram o clássico dos games demonstram melhor eficiência cerebral durante os testes do que aquelas no grupo de controle, e as verificações de MRI estrutural revelaram que aquelas que jogaram o título tinham um córtex notavelmente mais espesso.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar