Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

95% DOS BRASILEIROS PRETENDEM MANTER TELEFONE FIXO

14/07/2011

As projeções de que o celular mataria o telefone fixo ainda não se concretizaram no Brasil. Pelo menos é o que revela estudo realizado no País com 750 usuários do serviço em seis capitais. O levantamento apontou que 95% dos entrevistados não pretendem abandonar a linha fixa em suas residências nos próximos três anos.

A pesquisa foi conduzida pela Gigaset, empresa de origem alemã do grupo Siemens, fabricantes de terminais com fio e sem fio para residências e pequenas e médias empresas (PMEs). O estudo foi realizado na 2ª quinzena de junho com consumidores dos estados do Rio de Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Pernambuco e Ceará.

Segundo o gerente de marketing e produto da Gigaset, Denis Minchiotti, a longevidade do telefone fixo pode ser percebida também no crescimento da vendas de aparelhos. Ele observa que, além de não abrir mão do telefone fixo, o consumidor brasileiro tem mais de um aparelho e exige terminais que tenham designs sofisticados para incorporar ao ambiente residencial ou empresarial.

Apesar da grande adesão ao telefone fixo, os consumidores brasileiros fizeram algumas reclamações sobre esse serviço no Brasil. As principais queixas são o alto custo da tarifa, a taxa da assinatura básica e a falta de promoções. 
Confira abaixo o índice de adesão ao telefone fixo por capital no Brasil:

? Porto Alegre ? 98%
? Rio de Janeiro ? 93%
? Grande São Paulo ? 94%
? Salvador ? 91%
? Recife ? 97%
? Fortaleza ? 98%
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar