Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MESMO COM NOVA REDE SOCIAL, GOOGLE PLANEJA CONTINUAR INVESTINDO NO ORKUT

11/07/2011

A Google anunciou que o Orkut, sua rede social criada há cerca de 7 anos e com dezenas de milhões de usuários atualmente, irá continuar a operar juntamente com seu novo irmão Google+, lançado na última semana (ainda em fase de testes).

No entanto, a gigante de buscas está deixando suas opções abertas quanto a possibilidade de fundir os dois serviços por meio de algum tipo de integração no futuro.

?O Orkut e o Google+ são produtos diferentes, e ambos continuarão existindo. Com o tempo, vamos determinar o que faz mais senso em termo de integrar esses produtos?, afirmou um porta-voz da Google por e-mail, quando questionado sobre o futuro do Orkut.

Atualmente, não está claro se a Google vai fornecer um mecanismo para os usuários do Orkut exportarem sua lista de amigos e dados de perfil para o Google+, ou adicionar os recursos de privacidade do Google+ ao Orkut.

Com o Google+, a companhia espera fazer frente ao Facebook com uma rede social cujos recursos de privacidade são mais sólidos e fáceis de configurar.

A empresa está apostando que, apesar de o Facebook ser o líder desse mercado, muitos de seus usuários sentem dificuldades com seus controles de privacidade a ponto de estarem dispostos de mudar para um rival que lhes ofereceça melhorias nessa área.

Em seu design, o Orkut, lançado em 2004, é majoritariamente similar a outros sites do gênero de sua geração, como Facebook, MySpace e Friendster.

A rede social antiga da Google ocupa a posição de número 102 no ranking da Alexa.com dos sites mais populares do mundo, mas a maioria de seus usuários está concentrada em dois países: Índia e aqui no Brasil.

Como o projeto do Google+ mostra, a gigante de buscas claramente sentia que precisava crair uma nova rede social do zero para poder competir com o Facebook nos EUA e em todo o mundo.

A boa notícia para os fãs do Orkut é que não parecem existir planos iminentes de fechamento do site. ?Nós vamos continuar a investir no produto?, afirmou o porta-voz da Google.
 
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar