Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CANADÁ SE DIZ SATISFEITO COM MUDANÇAS NO GOOGLE STREET VIEW

07/06/2011

O Escritório de Proteção de Dados do Canadá (OPD) declarou nesta segunda-feira (6) que está "satisfeito" com as medidas adotadas pela Google para proteger informações pessoais de usuários canadenses, depois que a companhia recolhesse "de forma inadequada" dados com seu serviço Street View.

Jennifer Stoddart, a responsável do OPD afirmou que, apesar da Google ter começado a remediar os problemas detectados em 2010, continuará vigiando a gigante da internet.

"A Google parece estar no caminho de solucionar os graves defeitos na forma como responde a assuntos de privacidade. No entanto, dado os problemas identificados em nossa investigação, seguiremos vigiando como a Google implementa nossas recomendações", disse Jennifer, por meio de um comunicado.

No ano passado, o Escritório de Proteção de Dados canadense disse que a Google violou as leis do país quando em 2008 recolheu "de forma inadequada" e por meio de redes sem fios dados privados de milhares de canadenses enquanto tiravam fotos de ruas para seu serviço Google Street View.

A responsável disse que a "Google capturou dados pessoais e, em alguns casos, altamente sensível, como e-mails. Esse incidente foi uma grave violação dos direitos à privacidade dos canadenses".

Nesta segunda-feira, o OPD assinalou que solicitou que a Google submeta seus programas de privacidade a uma auditoria realizada por uma entidade independente no período de um ano, para constatar a eficácia das medidas adotadas pela empresa. É a primeira vez que OPD solicita a uma empresa que realize uma auditoria independente de suas atividades.

A Google se comprometeu, entre outras medidas, a capacitar seus empregados em temas de privacidade, seguir todos seus projetos que recolhem e armazenam informação pessoal e realizar auditorias internas periódicas.

A gigante também disse que começou a destruir todos os dados recopilados no Canadá e que enquanto toda a informação for sendo apagada, se assegurará que não será utilizada.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar