Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROBLEMAS LEGAIS DIMINUEM PRODUTIVIDADE

24/05/2011

 

Questões legais corriqueiras, de cunho pessoal, como a preparação de um testamento, multas de trânsito, problemas imobiliários, dívidas ou questões familiares como adoção ou divórcio podem ser situações comuns, mas que podem ter um grande impacto na produtividade no trabalho.

Um estudo americano, ?O Impacto de Problemas Legais na Força de Trabalho" publicado pela Hyatt Legal Plans, uma empresa da MetLife, descobriu que pessoas com esses tipos de problemas legais estão gastando, em média, cerca de três horas por semana do horário de trabalho para resolver seus problemas que chegam a durar, em média, de cinco a seis semanas. Além disso, 37% dos homens e 47% das mulheres disseram que lidar com esses problemas teve um impacto negativo na sua saúde física ou emocional. A pesquisa foi realizada online pela Harris Interactive a pedido da Hyatt Legal Plans.

O estudo mostra que embora algumas pessoas prefiram lidar elas mesmas com um problema legal, seja porque se sintam capazes ou para evitar gastos com honorários de um advogado, ter assessoria jurídica pode influenciar positivamente a experiência da pessoa. Por exemplo, sete em cada dez pessoas entrevistadas que contrataram um advogado disseram que a assessoria jurídica os fez se sentirem mais confiantes e que foi mais fácil resolver o problema.

Cerca de dois terços das pessoas que usaram os serviços de um advogado disseram que isso lhes trouxe mais tranquilidade. ?Embora algumas pessoas se sintam confiantes em atuarem como seus próprios advogados, outras simplesmente o fazem por medo dos custos?, disse Bill Brooks, CEO da Hyatt Legal Plans.

?Desenvolver um relacionamento profissional com um advogado é tão importante quanto o construir um relacionamento com um médico ou dentista. Ter um acesso nacional ilimitado a advogados, junto com a representação para muitas questões importantes, é um fator realmente atraente para os funcionários. E ter um plano oferecido pela empresa ajuda os funcionários a economizar tempo e dinheiro, além de proporcionar tranquilidade por saber que advogados qualificados estarão cuidando deles,? acrescentou Brooks.

A pesquisa foi conduzida on-line nos Estados Unidos pela Harris Interactive em nome da Hyatt Legal Plans, de 6 de janeiro a 7 de fevereiro de 2011, com 846 residentes americanos, trabalhando nos Estados Unidos, a partir de 18 anos de idade, que tiveram pelo menos uma questão legal nos últimos cinco anos (por exemplo: despejo, adoção, inadimplência, divórcio). Essa pesquisa on-line não se baseia em amostra de probabilidade e, portanto, não pode ser calculada nenhuma estimativa teórica de erro de amostragem.


Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar